Cuiabá, domingo, 16/06/2024
21:59:51
informe o texto

Artigos / Colunas / Mara Nasrala

16/08/2023 às 09:52

Desafogando as Emergências

As emergências de saúde sempre foram um ponto crítico no sistema de cuidados médicos. A busca por atendimento imediato muitas vezes resulta em salas lotadas, longas horas de espera e sobrecarga das equipes médicas. No entanto, dados do Ministério da Saúde revelam que mais de 80% dos atendimentos realizados nas emergências são, na verdade, evitáveis. 

Este número ressalta a urgência de explorar soluções alternativas e inovadoras para desafogar os serviços de emergência. Um deles, claro, é a telemedicina. O formato emergiu como um recurso promissor no mundo da saúde, especialmente em um momento em que a tecnologia tem transformado diversas esferas de nossas vidas. 

A ideia de acessar cuidados médicos de qualidade por meio de plataformas online é uma revolução que não apenas alivia a pressão sobre as emergências, mas também oferece uma maneira mais conveniente e acessível para as pessoas acessarem orientação médica. Através de consultas virtuais, os pacientes podem obter aconselhamento médico, diagnósticos preliminares e até mesmo prescrições sem sair de casa. Isso não apenas reduz o tempo de espera nas emergências, mas também ajuda a direcionar os recursos médicos para casos realmente urgentes.

No entanto, a telemedicina sozinha pode não ser suficiente para lidar com todos os cenários. É aí que serviços como o Help Já entram em jogo. A empresa nasceu como uma opção de atendimento médico – seja por telefone ou in loco – que visa facilitar a vida de seus usuários. 

Quando a situação exige uma avaliação física ou um atendimento presencial, o Help Já entra em ação, enviando, caso necessário, ambulâncias equipadas com profissionais de saúde treinados diretamente para o local onde o paciente se encontra. 

Isso não apenas economiza um tempo valioso, mas também garante que os pacientes recebam o cuidado adequado, minimizando a necessidade de encaminhá-los às emergências lotadas. Além disso, a utilização de serviços como o Help Já também contribui para a educação e conscientização da população sobre a importância de avaliar a gravidade de sua situação antes de recorrer às emergências. 

Muitas vezes, as pessoas buscam atendimento de emergência para questões que poderiam ser resolvidas de maneira mais eficiente e eficaz em ambientes não emergenciais. A promoção da educação em saúde e a orientação sobre quando buscar atendimento médico apropriado podem resultar em uma redução significativa da carga sobre os serviços de emergência.

No fim, ganha o sistema de saúde – seja ele público ou privado -, os pacientes e os profissionais que estão envolvidos em todo este ecossistema. 

Mara Nasrala

Mara Nasrala
Mara Nasrala é Diretora Executiva da Help Vida.
ver artigos
 
Sitevip Internet