Cuiabá, quarta-feira, 24/04/2024
18:24:52
informe o texto

Artigos / Colunas / Paulo Slobodzian

09/11/2023 às 15:18

A importância do líder na motivação dos colaboradores

Sem sombra de dúvidas, uma equipe é um reflexo direto da gestão de seu líder. No entanto, como deve agir um líder para desenvolver verdadeiros profissionais e obter resultados de alto impacto? Uma liderança moderna deve incorporar diversas características interligadas à gestão e à empatia. Portanto, não é suficiente focar apenas em resultados, deixando de lado a importância do elemento humano em uma organização.

Apesar de um dos papéis primordiais de um líder ser a obtenção de resultados, ele também deve, simultaneamente, fornecer meios para o desenvolvimento e crescimento de cada membro de sua equipe. Para alcançar esse objetivo, uma das principais ferramentas a serem utilizadas é a motivação diária da equipe, levando em consideração a individualidade de cada membro.

A maioria dos colaboradores que trabalham sem motivação pessoal ou profissional tende a demonstrar falta de comprometimento e interesse em relação aos objetivos empresariais. Isso resulta na perda do controle sobre o gerenciamento do tempo, na falta de foco e em outros problemas, como comunicação ineficaz ou até mesmo conflitos. Portanto, é crucial lembrar que essa falta de motivação inevitavelmente resultará em baixa performance e produtividade.

É importante destacar que liderar não é uma tarefa fácil. Pelo contrário, é um trabalho desafiador, detalhado e que requer uma visão organizada e sistêmica. No entanto, é uma atividade de extrema importância para as empresas. Portanto, o líder deve ser um motivador por natureza.

No entanto, não há motivo para desespero, pois existem soluções. Por meio de estudos e práticas, é possível desenvolver novos conhecimentos e habilidades. Dedicação e vontade de aprender são os primeiros passos nessa jornada.

Aqui estão 5 habilidades fundamentais para o líder de sucesso:

1. Seja um especialista em gestão de pessoas: Um líder que compreende e lida bem com os comportamentos das pessoas aprimora a arte de liderar e capacita sua equipe a alcançar excelentes resultados. Para isso, o líder deve desenvolver a habilidade essencial da empatia, que envolve a capacidade de se colocar no lugar dos outros para compreender e compartilhar suas emoções. Um líder que compreende sua equipe consegue motivá-la diariamente, estabelecer metas, delegar tarefas, acompanhar o progresso e orientar as atividades. Além disso, ele compartilha seu conhecimento com a equipe, aprimora cada profissional e demonstra o que é essencial para alcançar os resultados e objetivos.

2. Desenvolva relacionamentos sólidos: Um líder que cultiva e desenvolve sua rede de relacionamentos, especialmente no âmbito profissional, demonstra a importância dessa prática por meio de exemplos. A influência positiva abre portas e facilita o desenvolvimento de novos relacionamentos.

3. Preste atenção individualizada: Cada indivíduo possui diferenças, talentos e habilidades que o tornam único. Da mesma forma, cada um tem expectativas e desejos distintos. Isso significa que cada membro da equipe deve ser tratado de forma individual, conciliando essas características com os objetivos da empresa.

4. Aprenda a delegar: Delegar é uma atitude importante que permite aos colaboradores sentirem-se valorizados e comprometidos com as metas e objetivos. No entanto, é essencial lembrar que delegar não é transferir a responsabilidade, mas sim transferir autoridade a uma pessoa com o preparo técnico e emocional adequado para realizar a tarefa. Além disso, acompanhar o progresso é essencial, pois proporciona segurança aos profissionais e permite a prática de feedbacks em tempo real, o que é benéfico para o desenvolvimento.

5. Utilize feedback de forma eficaz: O feedback é uma ferramenta crucial. O líder deve reconhecer o trabalho bem executado, elogiar as qualidades dos colaboradores e, ao mesmo tempo, fornecer orientações para melhorias no trabalho e comportamento. O feedback de elogio deve ser dado publicamente sempre que possível, enquanto o feedback de orientação deve ser fornecido de forma reservada. É importante evitar os termos "Feedback Positivo" ou "Negativo", pois eles podem criar desconforto. Em vez disso, use termos como "Feedback de Elogio" ou "Feedback de Orientação", que são mais positivos e eficazes.

Existem muitas outras diretrizes para exercer a liderança de forma completa, que serão abordadas em outros artigos. No entanto, seguir as orientações mencionadas acima certamente resultará em uma liderança gratificante.

Paulo Slobodzian

Paulo Slobodzian
Paulo Slobodzian é CEO da Gente em Foco
ver artigos
 
Sitevip Internet