Cuiabá, sábado, 20/07/2024
02:35:35
informe o texto

Artigos / Colunas / Dr. Henrique Leão Guedes

16/04/2024 às 15:06

Cuide da sua voz

Você já parou para pensar sobre a importância da sua voz? Além de ser um poderoso instrumento de comunicação, a voz também identifica o falante quanto a sua faixa etária, gênero, tipo físico, nível sociocultural, personalidade e estado emocional. Basta atender o telefone para que se descubra se o falante é homem ou mulher e se está calmo ou agitado, entre outras muitas características, sem mesmo conhecê-lo. A seguir vamos entender melhor como a voz é produzida e como cuidar da sua, por oportunidade do Dia Mundial da Voz, celebrado em 16 de abril.

A sua capacidade de comunicação transcende então o uso de palavras, revelando outros aspectos importantes sobre o falante no momento do diálogo. Apesar da sua importância no dia a dia pessoal e profissional da população de uma forma geral, a Saúde Vocal das pessoas continua a sofrer devido a propagação de mitos e achismos.

A voz humana é resultado de uma ação fisiológica. Produzida na laringe, ela é o resultado da vibração das pregas vocais (conhecidas também como cordas vocais) que se aproximam durante a fala graças à combinação do fluxo de ar que vem dos pulmões (expiração) e da ação dos músculos da laringe.

O som produzido é ampliado e modificado pelas cavidades de ressonância (faringe, cavidades bucal e nasal e seios da face), que funcionam como “alto-falantes”, e pelos órgãos de articulação (lábios, dentes, maxilares, língua, palato duro e mole), responsáveis pela articulação de consoantes e vogais. Dá-se o nome de ressonância a essas modificações.

A profissão mais afetada por problemas relacionados à voz é a de professor. Porém, qualquer profissão que exige o uso da voz durante longos períodos, assim como em volume ou velocidade acima do normal, está sujeita a riscos.

Como perceber problemas de voz?

Confira a seguir alguns sintomas comuns de problemas vocais:

-Ardência
-Dor na garganta
-Perda de voz ou rouquidão
-Cansaço ao falar
-Redução da extensão vocal
-Sensação de corpo estranho na garganta
-Pigarreio frequente
-Irritação
-Dor laríngea ou faríngea

Caso os sintomas persistam por mais de 10 dias, faz-se necessária a consulta com um médico otorrinolaringologista ou fonoaudiólogo.

Saúde vocal

A Saúde Vocal é um conjunto de normas básicas que ajudam a preservar a saúde da voz e a prevenir o aparecimento de alterações e patologias vocais. Essas normas são especialmente importantes para aqueles que usam a voz como instrumento de trabalho, ou que apresentam tendência a alterações vocais.

Evite

-Evite gritar ou falar durante longos períodos.
-Evite se expor a mudanças de temperatura ambiental e ingerir bebidas muito geladas.
-Evite pigarrear ou tossir, pois promovem o atrito entre as pregas vocais. Engula saliva ou tome água ao invés disso.
-Evite bebidas alcoólicas, sprays, pastilhas e similares, pois atuam como anestésicos. Como aparentam melhorar a voz, mascaram seu abuso, o que pode agravar o caso.
-Evite falar em ambientes muito ruidosos de forma a não competir com o ruído.
-No caso de ser alérgico, evite exposição à poeira, gás e cheiros fortes.
-Evite o fumo, pois irrita a mucosa de todo o aparelho fonador, especialmente as pregas vocais.
-Evite alimentos achocolatados e derivados de leite, principalmente antes do uso profissional da voz, pois eles aumentam a secreção no trato vocal.
-Evite o uso de roupas apertadas, principalmente na região do pescoço e cintura. Dê preferência a tecidos que possibilitam maior ventilação.

Adote

-Beba sempre bastante água, principalmente em ambientes com ar condicionado, onde o ar fica mais seco.
-Faça gargarejo com água morna e sal antes de deitar.
-Mastigue bem os alimentos. Caso apresente tendência a desenvolver problemas vocais, dê preferência a alimentos leves e evite temperos fortes.
-Durante a fala, mantenha a postura ereta, no eixo, porém relaxada, principalmente a cabeça.
-Realize exercícios de aquecimento e desaquecimento vocal orientados pelo seu fonoaudiólogo com frequência, principalmente antes do uso profissional da voz.

Além disso, cuide sempre da sua saúde como um todo. Outros problemas de saúde também podem afetar a produção da voz.

Dr. Henrique Leão Guedes

Dr. Henrique Leão Guedes
Dr. Henrique Leão Guedes é otorrinolaringologista na Clínica Vida Diagnóstico e Saúde, em Várzea Grande (MT)
ver artigos
 
Sitevip Internet