Cuiabá, quarta-feira, 01/04/2020
08:21:38
informe o texto

Artigos / Colunas / ​Ronan Grings

02/03/2020 às 09:20

Coronavirus e os impactos no mercado financeiro

Esta variação negativa nos mercados se dá porque temos a segunda maior economia do mundo, a China, em ritmo econômico reduzido.

Na semana passada, após o recesso de carnaval,  o índice Ibovespa registrou queda de -7%, com destaque de queda para companhias áreas como a Gol (-14,31%) e Azul (-13,30%), também empresas atreladas a commodities como Petrobras (-10,05%) e Vale (-9,54%). No lado positivo, tanto Ouro quanto o dólar registraram valorização, sendo +2,89% e +1,40% respectivamente.

Esta forte queda também afetou as bolsas americanas e europeias, devido aumento repentino de casos na Itália e elevação de pessoas em estado grave. 

Esta variação negativa nos mercados se dá porque temos a segunda maior economia do mundo, a China, em ritmo econômico reduzido. Estamos falando de setores importantes como petróleo, serviços, varejo, etc.

Embora seja um espaço curto de tempo, está diminuição no mercado chinês tende trazer grandes impactos no resultado das empresas nos próximos meses, por isso, os mercados acionários no mundo sofreram esta semana.

E para se proteger deste risco, existem algumas alternativas que o investidor pode utilizar para proteger a carteira dele. A boa e velha diversificação é a principal maneira de reduzir o risco nos investimentos. “Nunca coloque todos os ovos na mesma cesta”. 

Quando o investidor possui carteira diversificada, em momentos como este, ele pode vender os ativos que foram bem (como é o caso do Ouro) e comprar ativos que estão sofrendo no momento.

Isto no longo prazo, ajuda a gerenciar o risco e melhora rentabilidade da carteira, uma vez que o investidor comprará na queda e venderá suas posições ganhadoras na alta.

Outra maneira de se proteger, é a compra de seguros. Existem mecanismos onde o investidor pode travar o piso limitando seu prejuízo. Neste mecanismo, o investidor paga um prêmio para ficar coberto por um determinado período, semelhante ao seguro automotivo, onde o segurado paga um prêmio para proteção do seu bem. 

Risco como este é impossível de prever os efeitos, só sabemos que virá e que a recuperação geralmente não é tão rápida mesmo com os governos realizando injeções monetárias emergenciais. 

Por isso, ressalto mais uma vez que é importante ter uma carteira diversificada pensando em se proteger e aproveitar as oportunidades que surgem com as oscilações de mercado. No longo prazo, as coisas se resolvem e quem tem disciplina para seguir seu planejamento financeiro geralmente colhe melhores resultados.

​Ronan Grings

​Ronan Grings
 é diretor da Ouro Investimentos, agente da XP Investimentos em Mato Grosso
ver artigos
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet