Cuiabá, quarta-feira, 24/07/2024
16:52:28
informe o texto

Artigos / Colunas / Paulinho do Hipismo

23/06/2020 às 08:17

Eleição Digital

Só aqueles que nasceram nos anos 80 irão se recordar de como era feita a política antes da internet. Recordo-me de uma época quando o computador era considerado um dispositivo de luxo, para poucos. Já com a virada do milênio, novas ferramentas de comunicação começaram a surgir e com elas, a acessibilidade. O que falar então deste novo campo? Qual é o limite do certo e do errado no mundo digital?

Quando me referi ao período de tempo antes dos anos 2000, tive a intenção de vasculhar as memórias dos “mais antigos”. Naquela época era permitido, como exemplo, fixar publicidades de candidatos nos postes de energia. Quando se andava pela cidade, a poluição visual nos períodos de campanha era incontestável.

Daí eu te pergunto: Em qual poste agora os políticos fixam suas publicidades? A resposta é meio que óbvia, mas vou responder mesmo assim. A internet. Com o advento das novas tecnologias, a comunicação atingiu um patamar extraordinário. Mas até que ponto este alto nível pode ser prejudicial?

Em 2018, podemos observar como a internet foi o fator predominante na hora de direcionar o rumo das eleições. De um lado, Fernando Haddad, do PT, do outro, Jair Bolsonaro, do PSL. Dessa forma, ambos foram protagonistas de um novo cenário, que acredito será tese de muitos estudos que ainda estão por vir.

Neste caso, podemos falar que os “postes”, foram substituídos por nossas redes sociais. Um político que conta com uma infinidade de recursos, pode te encontrar onde quer que você esteja, do Facebook até Tinder (aplicativo de namoro). Acredito que este último foi o exemplo perfeito.

Pois bem, por me considerar da turma dos “mais antigos” e me recordar muito bem de toda a poluição visual nos postes da cidade, hoje chego a conclusão de que os políticos apenas migraram de “plataforma”, evoluíram.

As pessoas não estão mais polarizadas, mais politicamente entendidas, estão apenas envolvidas em um processo que é impossível sair. Não podemos tomar como verdade o que nosso “feed” de notícias nos traz, mas sim, entender que tudo é resultado da construção da nossa vida online e daqueles que decidimos seguir.

Paulinho do Hipismo

Paulinho do Hipismo
é empresário em Mato Grosso 
ver artigos
 
Sitevip Internet