Cuiabá, sexta-feira, 14/08/2020
16:00:01
informe o texto

Artigos / Colunas / Paulo Pedra

11/07/2020 às 12:55

Sob efeito de ayahuasca, vereadores derrubam relatório da CPI do Paletó

Ayahuasca é um chá com potencial alucinógeno capaz de provocar alterações na consciência por um período de até dez horas. Algumas religiões usam a bebida em seus cultos como forma de abrir a mente e criar visões místicas.
 
Com visíveis sinais de alucinação, após ingerirem chá de ayahuasca, os treze vereadores da base do prefeito Emanuel Pinheiro rejeitaram em plenário o parecer que determinava a suspensão do mandato e posterior cassação do prefeito Emanoel na CPI do Paletó. 0s 13(tinha que ser esse número) viram que o gesto de colocar dinheiro no bolso do paletó é humano e, portanto, humanizador. Os não iniciados na arte das visões místicas, segundo eles, não conseguem entender por que não conseguem enxergar o outro lado: o deles. A imprensa observou nos ilustres olhares vidrados e os rostos brilhantes devido a um óleo extraído de uma madeira, a peroba, que completa o protocolo da cara de pau desses vereadores.
 
Em tempos de protocolos, a favor e contra no combate do COVID-19, o presidente Bolsonaro nomeia o pastor Milton Ribeiro para ministro da Educação (que, ao que parece, está com o currículo correto) e a esquerda (liderada pelo fatídico 13), desce o cacete por presunção de que ele é a favor do “castigo” nas escolas. A boa e velha disciplina que os governos de esquerda - que criaram uma massa de professores e alunos analfabetos funcionais - são radicalmente contra. Onde já se viu o aluno ter que respeitar o professor e aprender as matérias? Fora de cogitação, fere os direitos humanos.
 
Nos tempos em que o olhar dos pais era suficiente para uma criança entender que estava agindo errado por saber que os psicólogos “chinela havaianas”, “cinto de couro” e “vara de goiaba” estavam prontos para entrar em ação, os valores eram outros e o respeito prevalecia. Com o excesso de proteção de hoje as crianças crescem sem princípios morais, religiosos e/ou cívicos. Alguns deles, inclusive se elegem vereadores em Cuiabá e fazem a merda confiando que essa mesma massa de alienados, mediante mimos e cortesias, irá reconduzi-los para suas cadeiras para continuar mais 4 anos parasitando a população.
 
 Quem tiver estômago sensível, por favor, evite pensar nessa possibilidade, porque podem vomitar mesmo sem tomar o chá de ayahuasca para ver o lado contrário da realidade.
 
(Esta é uma obra de ficção ou será que tomei o chá também?)

Paulo Pedra

Paulo Pedra
Escritor crítico dos assuntos cotidianos de Mato Grosso e Brasil. Com ele é na pedrada!
ver artigos
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet