Cuiabá, sábado, 05/12/2020
18:30:25
informe o texto

Artigos / Colunas / Luluca Ribeiro

28/10/2020 às 10:37

Você se lembra em quem votou na última eleição?

Você se lembra em quem votou para vereador nas últimas eleições municipais? Se acaso lembrar do nome, lembra também qual o partido o candidato ou a candidata era filiado? E os projetos e principais bandeiras defendidos por ele ou ela? Caso sua aposta tenha sido eleita, você acompanhou seus passos na Câmara de sua cidade? 

Me desculpe todas essas perguntas, mas elas precisam ser feitas. E mais: precisam ser respondidas. Em um outro artigo já havia falado sobre o papel de um vereador. Agora, o motivo que me faz, mais uma vez, falar sobre as eleições deste ano é que a população precisa reconhecer seu papel como construtora de uma nova realidade. 

Só para se ter uma ideia, uma pesquisa divulgada em 2018 pelo instituto Idea Big Data, mostrou que 79% dos brasileiros entrevistados não se recordavam em quem votaram em 2016 para deputado federal e senador, cargos públicos que formam o Congresso Nacional, em Brasília. 

Infelizmente, não há pesquisa recente que mostre a realidade em eleições municipais aqui em Mato Grosso. Mas, é possível ter uma ideia do eleitorado. De acordo com um levantamento do Instituto Ibope divulgado também no ano de 2018, 56% dos entrevistados não se lembravam em quem votaram em 2014 aqui no estado. Na mesma pesquisa, questionados sobre promessas de campanha, 65% diziam não acreditar que os políticos as cumpririam. 

Votar é mais do que um exercício de cidadania: é entender que o candidato que você escolhe será seu representante naquela esfera do poder público. É por isso que o vereador é um dos atores mais fundamentais na trajetória de uma cidade. 

Por meio de um vereador é que o asfalto chega, assim como a rede de esgoto, a creche e a escola, a pracinha do bairro, o centro comunitário, o acesso à saúde e também ao transporte público. É o vereador que visita as comunidades diariamente, que está atento às demandas e gargalos de uma região. 

O vereador, portanto, é a voz do povo quando ele fala na Câmara e, se ele não fala, muito provavelmente ele não está ali cumprindo seu dever. E por isso digo e vivo repetindo por onde vou: participar do processo eleitoral é estar atento à sua cidade, sua comunidade, sua própria vida. Participar de uma eleição é ler as propostas dos candidatos, é ouvir o que ele tem a dizer, é questioná-lo quando ele faz campanha e acompanha-lo, caso eleito. Se você faz isso, eu te garanto que nas eleições de 2024 você saberá exatamente em quem votou em 2020.

Luluca Ribeiro

Luluca Ribeiro
*é advogado, ex-secretário-adjunto municipal de Esportes em Cuiabá e ex-dirigente da Federação Mato-grossense de Basketball.
ver artigos
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet