Cuiabá, sábado, 06/03/2021
10:45:12
informe o texto

Artigos / Colunas / Mario Castilho

27/11/2020 às 21:00

Lugar de ladrão é na cadeia

Infelizmente a justiça não funcionou pra prender o Emanuel e tirar ele das eleições. O segundo turno teria Abílio e Gisela, isso seria muito mais legítimo e democrático, mas infelizmente não é a realidade. 

Votar no Abílio e contra Emanuel é mostrar que nós, cuiabanos, não somos ladrões, não compactuamos com esse roubo do dinheiro público, dinheiro que era pra estar em escola, hospital ou melhorando essas ruas indecentes de Cuiabá. 

Poucas capitais têm ruas tão esburacadas como a nossa. Se você legitima o Emanuel na prefeitura, todos lá estarão autorizados pelo voto da maioria pra roubar. Aqui em Cuiabá qualquer político que colocar o dinheiro no bolso vai ter a aprovação dos cuiabanos. Em Várzea Grande esse nome já foi pro ralo, falta aqui em Cuiabá. Depois temos que chamar a rodovia Cuiabá Chapada, somente de MT 251, Emanuel Pinheiro não pode ser homenageado, é nome de ladrão, esse nome tem que ser rechaçado, ele deveria ter se preocupado com isso quando embolsou o dinheiro, envergonhou Cuiabá no Brasil inteiro.

Eleger o Abílio, com todo respeito, é a única opção pra mostrar que somos um povo honesto, se é bom ou ruim não é hora mais pra discutir, se fosse louco não tinha chegado no segundo turno. Não apareceu nenhuma prova nesse sentido, e se ele ou qualquer vereador vier a roubar ou cometer qualquer ilícito vão saber que os cuiabanos reprovam isso e serão punidos, senão pela justiça, pelo voto.

Votar no Emanuel é ratificar a impunidade, com certeza se esse dinheiro fosse só seu você não faria isso, mas aquele dinheiro era seu também, era de toda a sociedade e faz muita falta.

Mario Castilho

Mario Castilho
Servidor público do Tribunal Regional do Trabalho em Mato Grosso (TRT-MT).
ver artigos
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet