Cuiabá, segunda-feira, 17/06/2024
21:50:21
informe o texto

Artigos / Colunas / Paulinho do Hipismo

09/02/2021 às 07:56

Os amigos do Rei

“O pau que bate em Chico, bate em Francisco”, este foi o ditado que me veio à mente quando assisti a um vídeo no qual a fiscalização da prefeitura de Cuiabá, atuava em um estabelecimento na zona periférica da nossa Capital. O mais engraçado, para não se dizer o contrário, é que no mesmo dia, a famosa “Praça Popular”, estava populosa (com a desculpa do trocadilho). Ou seja, trocando em miúdos, “o pau que bate em Chico, com toda a certeza, não bate em Francisco”, pelo menos não em Cuiabá, e não para os amigos empresários do nosso gestor.
 
Como já foi previsto por vários especialistas, o Brasil passa por uma nova onda de contaminação do Coronavírus (Covid-19). Em Mato Grosso, em números atualizados com dados da Secretaria de Estado de Saúde, até a tarde desta segunda-feira (08), foram registrados 5.334 óbitos por conta do Covid-19, deste total, 1.379 mortes, são atribuídas ao município de Cuiabá.
 
Após esta breve atualização sobre o avanço do vírus, lanço aqui uma pergunta aos leitores desta coluna: Quando o prefeito Emanuel Pinheiro foi reeleito no segundo turno das eleições do ano passado, quem aqui se lembra da grande “festa”, realizada na Praça 8 de Abril? Pois é, sabe quem é que se lembra? Os familiares daqueles que, de uma forma direta, ou indireta, tiveram seus entes queridos levados por esta terrível doença.
 
Este lamentável cenário aconteceu a pouco mais de dois meses, no dia 29 de novembro, uma cena digna de reprovação em todos os sentidos. Pessoas sem máscaras, aglomeradas pulando no estilo “pipoca” do Carnaval de Salvador, carregando o reeleito prefeito nos ombros.
 
De todos os pontos abordados, chegamos à conclusão de que o serviço público de um modo geral, leia-se Poder Executivo Municipal, prega o famoso discurso demagógico, “faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço”; é como ver famosos globais encabeçando campanhas do “fique em casa”, tirando férias em ilhas particulares.
 
Fica aqui um recado para o prefeito de Cuiabá, assim como todo o seu staff: Se vamos fiscalizar o barzinho do seu “Zé”, que respeita o limite de lotação, assim como todas as orientações de segurança, que tal fiscalizarmos também os pontos frequentados pela “nata” cuiabana? Fica a dica, estamos observando e registrando.

Paulinho do Hipismo

Paulinho do Hipismo
é empresário em Mato Grosso 
ver artigos
 
Sitevip Internet