Cuiabá, quinta-feira, 27/06/2019
00:12:58
informe o texto

Artigos / Opinião / Paulo Pedra

11/04/2019 às 16:58

Curada a ressaca do festejo dos 300 anos, prefeito dá sinais de lucidez

Foto: Redes sociais

Festa medíocre, com bebida batizada e música de protesto, assim foram as comemorações dos 300 anos de Cuiabá. O prefeito Emanuel Pinheiro parece estar despertando do porre com ressaca com gosto de cabo de guarda-chuva na boca e a cabeça inchada, vomitando amargo e com a sensação de ter ido na balada errada.

Como todo porre, após a ressacada bate a autocrítica das besteiras feitas na bebedeira, os vexames dados e as histórias contadas e mal contadas. 

É quando a lucidez insiste em aparecer e o senso crítico desperta numa cobrança pelas besteiras que a embriaguez provocou. O prefeito parece estar entrando nessa fase de despertar para a realidade ao reconhecer que sua administração vai de mal a pior e que precisa agir para não ficar marcado na história como um dos piores administradores de Cuiabá.

Ele anunciou que vai realizar mudanças na sua equipe incompetente e, em entrevista à imprensa, chegou a reconhecer que tem secretário “achando que é dono do cargo”. Menos mal que o prefeito Emanuel tenha sarado da bebedeira, porque a cidade está parecendo um caminhão sem freio, descendo ladeira abaixo e que só não vai causar um acidente mais sério se o motorista, que está dormindo na direção, acordar.

 

Paulo Pedra

Paulo Pedra
Escritor crítico dos assuntos cotidianos de Mato Grosso e Brasil. Com ele é na pedrada!
ver artigos

Enquete

Qual seu posicionamento em relação a Reforma da Previdência?

Você deve selecionar uma opção
+enquetes
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet