Cuiabá, sexta-feira, 20/09/2019
18:51:48
informe o texto

Artigos / Opinião / Desconhecido

26/06/2019 às 20:38

Espancada, esfaqueada, afogada e morta, eu era Rayssa

A garota de 14 anos foi morta pela ex-namorada e outra adolescente, que gravaram o vídeo do crime

Foto: Reprodução internet

Oi, meu nome é Rayssa,  tenho 14 anos e moro em Joana Bezerra. 

Hoje a tarde eu fui brutalmente assasinada, me espancaram, me esfaquearam e me afogaram. Me mataram por ciúmes? FUI MORTA POR DUAS LGBTS.

Isso não foi fundamento pra me assassinarem, eu lutei tanto pra tentar sobreviver, mas não me permitiram viver, enquanto eu tentava respirar, eu pensei em tudo o que eu passei. Eu tinha tanto o que viver...

Sabe qual era meu sonho? Ser policial, isso mesmo policial, mas que pena que tiraram o sonho de mim.

Mãezinha, me perdoa, por não ter te ouvido, eu falhei, mas prometo cuidar de você daqui de cima, cuida do meu irmãozinho, tá bom? Eu fui sem me despedir, desculpa mãe. 

Ninguém é amigo de ninguém.

A história da Rayssa, mostra o exemplo de muitos, ela ainda tinha muito o que viver, e foi assassinada brutalmente.


Vai com Deus, princesinha! Deus vai cuidar muito bem de você.

FOI CRIME HOMOAFETIVO, POR ISSO A GRANDE MÍDIA VAI ABAFAR!

Veja o caso da RAYSSA: Garota é morta a facadas, golpes e afogada por adolescentes na praia; vídeo

(Texto viralizado na internet com cunho de reflexão sobre a tragédia com a menina Rayssa)

Desconhecido

Desconhecido
Textos e Reflexões de autores desconhecidos.
ver artigos

Enquete

Você está satisfeito (a) com a gestão do governador Mauro Mendes?

Você deve selecionar uma opção
+enquetes
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet