Cuiabá, segunda-feira, 01/03/2021
23:52:30
informe o texto

Notícias / Cinema

19/02/2021 às 12:35

Mostra exibe vídeos de temática e realização indígena em aldeias e no Youtube

Exibições que integram a ‘II Mostra Etnomídia Indígena – Entidades Virtualizadas’ acontecem entre os dias 1º e 4 de março

Maria Clara Cabral

Mostra exibe vídeos de temática e realização indígena em aldeias e no Youtube

Documentário 'Mandayaki e Takino'

Entre os dias 1º e 4 de março, a II Mostra Etnomídia Indígena – Entidades Virtualizadas – disponibiliza gratuitamente vídeos sobre a temática indígena no canal no Youtube e nas redes sociais do evento. Sessões serão realizadas em aldeias de Mato Grosso, das 17h às 21h (horário de Cuiabá).  

De acordo com a organização, o objetivo é privilegiar comunidades indígenas e, assim, democratizar o acesso à eventos apoiados pelas Leis de Incentivo à cultura no estado. Serão contempladas as Aldeias Vila Nova Barbecho, do povo Chiquitano, a Aldeia Umutina, do povo Umutina-Balatiponé, e as Aldeias Meruri e Naburi Eiao, do povo Boe-Bororo.

Segundo o psicólogo Soilo Urupe Chue, liderança do povo Chiquitano, a Aldeia Vila Nova Barbecho já está se preparando e a mostra deve acontecer no barracão da comunidade. Já o bacharel em direito Liberio Uiagumeareu, liderança do povo Boe-Bororo, informou que antes das transmissões dos vídeos, a comunidade irá realizar debates sobre os temas abordados em cada filme. 

“Mídias indígenas auxiliam na difusão das informações e culturas. Esse festival promove o empoderamento de comunicadores indígenas e da importância do trabalho realizado por todos na defesa dos territórios, fortalecimento político e pautas variadas sobre tudo que precisa de visibilidade. Indígenas são ainda uma realidade invisível para grande parte da população que desconhece na contemporaneidade suas histórias e mundos”, afirma a curadora da mostra, Renata Tupinambá

A segunda edição do projeto foi contemplada pelo Edital Mostras e Festivais, da Secretaria de Estado de Cultura de Mato Grosso (Secel), com recursos da Lei Aldir Blanc.


Os filmes

Entre as obras selecionadas está 'Kaapora - O Chamado das Matas de Olinda Muniz Tupinambá'. A narrativa mostra a ligação dos Povos Indígenas com a Terra e sua Espiritualidade, do ponto de vista de Olinda, que desenvolve projeto de recuperação ambiental nas terras de seu povo. Tendo a cosmovisão indígena como lente, a Kaapora e outros personagens espirituais são a linha central da narrativa e argumento do filme.

Outra obra que, conforme a curadoria do evento, não poderia ficar de fora, é o documentário mato-grossense do jovem Rafael Irineu, que conta a história e mostra o cotidiano de 'Majur', que é uma porta-voz indígena LGBTQI+ do povo Bororo-Boe, da região de Rondonópolis.

O documentário 'Mandayaki e Takino', que é o registro feito por um casal de seus filhos pequenos, também está confirmado. O casal Yariato e Dadiwa produzem, sem pretensão, uma micro etnografia de um momento da vida doméstica em uma aldeia yudjá, na Terra Indígena Xingu, no Mato Grosso.

Outra obra mato-grossense que será transmitida é 'Tecendo Nossos Caminhos', que mostra seis anciãos do povo Manoki da Amazônia brasileira que ainda falam o idioma indígena, um risco iminente de perderem essa importante dimensão de seus modos de existência.

Contudo, além dos documentários, a Mostra também irá disponibilizar o vídeo clip de Matsy Waurá, que pertence ao povo Kayapó e Waura, que habita o território indígena Capoto/Jarina e T.I Xingu. Membro do Movimento Mebengôkre Nyre de jovens indígenas, é artista, compositor, defensor dos direitos humanos e ativista da causa indígena e ambiental.

 
Com assessoria 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet