Cuiabá, segunda-feira, 14/06/2021
01:56:38
informe o texto

Notícias / Cinema

08/05/2021 às 18:28

Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá conta com filmes de todo o país

Produções ficam disponíveis durante 24 horas para o público assistir de casa

Entretê

Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá conta com filmes de todo o país

Foto: Divulgação

Começa na segunda-feira (10.05), em formato virtural, o 20º Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá (Cinemato). A mostra segue até o dia 21 de maio, com exibições diárias de produções vindas de todo o Brasil. Uma live, via canal oficial no YouTube,  marca o início do festival, às 17h30 (horário de MT). 

Depois da cerimônia de abertura, a plateia segue para sala especial na AmazôniaFlix, plataforma em que serão exibidos os filmes das mostras competitivas, de homenageado e hors concours. 

O documentário mato-grossense, “Pi’õ romnha ma’ubumrõi’wa – Mulheres Xavante Coletoras de Sementes”, abre a programação da Mostra Competitiva de Curtas Brasileiros. Na sequência, vem “O buraco”, ficção produzida no  Amazonas.

Logo, é hora celebrar a obra de Geraldo Moraes, cineasta homenageado nesta nova edição do Cinemato. Para marcar a ocasião, será exibido “O homem mau dorme bem”. Geraldo sempre priorizou o Centro-Oeste em suas produções, tanto na escolha de cenários, quanto de elenco. Caso deste clássico filmado em Mato Grosso.

Assim como o filme de Geraldo Moraes, tem produção de Cláudio Assis, em mostra fora de competição, para arrematar o primeiro dia de Cinemato. O atualíssimo “Piedade”, ainda em difusão pelo circuito de festivais, será apresentado à plateia mato-grossense e também de todo o mundo.

Na terça-feira (11.05), a partir das 18h (horário de MT), na Amazônia Flix, serão exibidos pela mostra de curtas, “Noite de Seresta”, de Sávio Fernandes (CE) e “Seremos Ouvidas”, de Larissa Nepomuceno (PR). Na sequência, tem a estreia do documentário “Mata Grossa”, de Tati Mendes e Amauri Tangará (MT).

Entre os dias 10 e 15 de maio toda a programação é hospedada na AmazôniaFlix. Nos dias subsequentes, as mostras paralelas e temáticas serão transmitidas via YouTube. Todo dia, às 16h30 (horário de MT), tem debate com realizadores dos filmes exibidos na noite anterior, sob a mediação do jornalista Lorenzo Falcão.

A programação e links de acesso podem ser consultados diariamente no site oficial: www.cinemato21.com.br.

24 horas para assistir

Idealizador do festival que completa 20 anos de atividade, Luiz Borges explica que diante da situação de pandemia e em sintonia com os grandes festivais brasileiros que ocorrem durante o período, todo dia tem filme novo com prazo de até 24 horas para ser assistido.

 
“Completamos duas décadas em um momento totalmente novo. Sentimos falta do calor da plateia e dos realizadores, mas a conexão via internet proporciona uma ampliação de público para além das fronteiras mato-grossenses. Isso é um alento”.

Luiz, que também é cineasta e pesquisador do cinema, considera esta edição divisora de águas quando se fala em representatividade.

“Acompanhando o período de efervescência do cinema produzido em Mato Grosso teremos um número muito maior de realizadores daqui participando. Para um festival que historicamente batalhou pela formação de plateia para o cinema brasileiro e capacitação de profissionais locais, esse é um momento de coroar os nossos talentos”.

Telefilmes, séries, curtas e longas de Mato Grosso terão o Cinemato como primeira vitrine: são sete longas inéditos na mostra competitiva e três telefilmes de realizadores mato-grossenses na mostra informativa, também inéditos ao grande público.

Mais dias de festival

O festival tem nova data porque entre os dias 7 e 12 de abril, a situação de pandemia havia se agravado em Mato Grosso. Para preservar a equipe técnica que viabilizaria a produção, optou-se por suspendê-lo.

“Mas agora, ele espichou”, diverte-se Luiz Borges. “Ganhamos mais seis dias de festival a contar com a noite de encerramento e entrega de troféus, quando serão conhecidos os filmes vencedores das mostras competitivas”.

Realizadores concorrem nas categorias Melhor Curta-Metragem Brasileiro e Melhor Longa-Metragem, pelo Júri Popular e Oficial.

O artista Caio Mattoso será apresentador das cerimônias de abertura e encerramento do evento selecionado em edital da lei Aldir Blanc, realizado pelo Governo de Mato Grosso via Secretaria de Cultura, Esportes e Lazer (Secel-MT) e em parceria com o Governo Federal via Secretaria de Cultura do Ministério do Turismo.

Serviço
20º Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá (Cinemato)
Data: 10 a 21 de maio
Programação completa: www.cinemato21.com.br 
 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet