Cuiabá, segunda-feira, 14/06/2021
01:01:32
informe o texto

Notícias / Literatura

10/05/2021 às 17:46

Escritor lança livro inspirado na história da avó que enterrou 17 dos 18 filhos

O foco narrativo da obra oscila entre as duas protagonistas e a troca é marcada por um código linguístico

Túlio Paniago

Escritor lança livro inspirado na história da avó que enterrou 17 dos 18 filhos

Foto: Divulgação

Duas personagens sem nomes, identificadas apenas pelas letras T e N, alternam entre si o foco narrativo de “A filha da outra”, livro de Luiz Renato de Souza Pinto que será lançado, às 9h desta terça-feira (11), neste canal do YouTube. A obra é uma homenagem à memória de sua vó, Amália Batista Souza, exímia contadora de causos que ainda povoam a cabeça do neto.  

A própria história de vida de Amália é quase uma ficção, aliás o livro parte de uma situação que beira o realismo fantástico (ou mágico, 
se preferir). “Foi inspirada na minha vó que teve 18 filhos e enterrou 17”. Mais impressionante ainda é que 14 destes eram bebês, vítimas do “mal de sete dias”, como era chamado o tétano neonatal.

Portanto, embora tenha passado por 18 partos, ela criou apenas quatro crianças e, antes de morrer, ainda enterrou três destas já criadas, inclusive a mãe de Luiz Renato. Além desta epopeia da avó, outros elementos relacionados à vida do autor lhe serviram como elementos literários.  

A história, por exemplo, é ambientada no sul da Bahia, na região do Vale do Jequitinhonha. Luiz Renato aproveitou a pesquisa que fez sobre o nordeste para escrever seu último romance, intitulado Xibio (2018). Na ocasião, durante três anos e quatro meses, ele fez 17 viagens a seis dos nove estados.

Estrutura e enredo

A partir deste arcabouço de experiências e memórias, o autor criou as protagonistas N (enfermeira) e T (caixa de supermercado). A narração oscila entre as duas. Esta constante troca de perspectivas narrativas é marcada por um código linguístico. “Um bip, que tanto serve pro bip eletrônico da caixa de supermercado quanto do bip das máquinas da UTI”, revela.

Importante pontuar que uma das personagens gosta de escrever de forma intuitiva, porém não costuma ler, de modo que não possui um vocabulário tão vasto, enquanto a outra adora ler, mas não tem habilidade nenhuma com a escrita. “Eu vou cruzando essas narrativas e dividindo a obra em duas partes”, comenta.

Em alguns momentos, entre estas transições, o autor insere pequenos diálogos aparentemente – mas apenas aparentemente – soltos, além de trechos poéticos que também exercem esta função transitiva, como os seguintes versos que ocupam uma página inteira do livro: “Água é palavra fresca / Fria / Serve pra poema, pra poesia”.

Luiz Renato adianta que o vínculo que se estabelece entre as personagens evidencia “questões sociais e culturais que muitas vezes são determinantes em uma relação”.

Informações sobre o lançamento e o autor

Além do lançamento em si, a live conta com um debate a partir do tema “Família e Escola: duas instituições a serviço da formação de leitores”. O escritor, que também é professor, se une aos colegas Sidnei Boz e Claudiomar Pedro da Silva, para discutirem sobre o papel das instituições na formação de novos leitores. Serão sorteados alguns exemplares do livro para os participantes do evento.

Luiz Renato é graduado em Letras pela UFMT (2001), mestre em História pela UFMT (2005) e doutor em Literaturas em Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2012). É autor de Cardápio Poético (1993); dos romances Matrinchã do Teles Pires (1998); Flor do Ingá (2014) e, em parceria com o pernambucano Carlos Barros, Duplo Sentido (2016), de crônicas; Gênero, número, graal (2017), poesias.


A publicação da novela “A filha da outra” foi contemplada pelo edital Estevão de Mendonça de Literatura Mato-Grossense, promovido pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT). Foram publicados dois mil exemplares e mil serão doados para escolas públicas de Mato Grosso.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • juliana de Medeiros 10/05/2021 às 00:00

    Luíz Renato é maravilhoso, muito feliz por ver a nossa cultura sendo valorizada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet