Cuiabá, segunda-feira, 26/07/2021
13:15:43
informe o texto

Notícias / Artes

21/07/2021 às 10:47

Formato 'serenata' é solução para levar dança, teatro e circo às casas dos chapadenses

Iniciativa é para retorno de espetáculos presenciais; público prioritário são idosos e pessoas com deficiência

Priscila Mendes

Formato 'serenata' é solução para levar dança, teatro e circo às casas dos chapadenses

Foto: Mario Friedlander

Como unificar shows presenciais com o propósito de manter o público seguro em casa? Promovendo serenatas! Essa é a proposta da ação cultural integrada “Serenatas da Alegria”, que será realizada em Chapada dos Guimarães até agosto, gratuitamente e livre para todas as idades.

As Serenatas da Alegria irão oferecer 84 apresentações na porta das casas ou nos quintais de pessoas com deficiência ou de idosos de Chapada dos Guimarães, para levar dança, teatro ou apresentações circenses, ora na zona urbana, ora na zona rural.

A iniciativa é do ator e produtor Luciano Bortoluzzi, que pensou uma forma de retornar com as apresentações artísticas envolvendo circo, teatro e dança da maneira mais segura possível. As programações serão sempre de máscara, com uso álcool em gel e mantendo distância segura do público.

As 84 apresentações foram divididas da seguinte forma: 24 apresentações de dança, com o Grupo Folclórico de Siriri Patucha e Grupo Elementares do Quilombo; 20 de teatro, conduzido por Wanderson de Paula; e 40 de circo, pelo Trio Pirathiny. Cada show terá duração de 15 a 30 minutos por casa.


Haverá 60 espetáculos-serenatas na zona urbana e 24, na zona rural, contemplando  as comunidades chapadenses Lagoinha de Baixo e Rio da Casca.

“Durante a pandemia, a melhor forma de prevenção é manter-se em casa. Como realizar espetáculos presenciais com as pessoas seguras em casa? Levando os espetáculos até a casa das pessoas, respeitando protocolos de segurança e o distanciamento entre artistas e público”, explica o idealizador Luciano Bortoluzzi. “A melhor imagem para ilustrar esse projeto são as antigas serenatas. Os artistas farão suas apresentações ao ar livre. O público assiste no seu quintal, sentado nas suas próprias cadeiras, ou na soleira da porta”, complementa.

Serenatas da Alegria foi um dos projetos vencedores na categoria Artes Cênicas (que engloba dança e circo) do Edital Prêmio Municipal de Cultura de Chapada dos Guimarães, da Secretaria de Turismo, Cultura e Meio Ambiente, com os recursos da Lei Aldir Blanc.

“É ‘um mini festival’, unindo dança, teatro e circo”, sintetiza Luciano. Mais informações, pelo (65) 9 9906-1717.
 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet