Cuiabá, quinta-feira, 09/04/2020
22:39:33
informe o texto

Notícias / Variedades

20/03/2020 às 20:39

Quatro plataformas que liberaram acesso grátis na quarentena

Mirella Duarte

Nem todo mundo tem acesso a plataformas pagas para assistir uma programação diferenciada durante o período de "isolamento social" provocado pelo coronavírus. No entanto, algumas plataformas liberaram o acesso durante 30 dias. Tudo isso para motivar as pessoas a ficarem em casa neste período. Saiba algumas delas na lista preparada pelo Entretê e confira acessando.

Globoplay
O serviço de streaming do grupo Globo disponibilizou para não-assinantes, durante 30 dias, filmes infantis, algumas séries e temporadas da novela “Malhação”. O foco principal são crianças e adolescentes dispensados das aulas. Para acessar conteúdos que estão liberados, não é preciso se cadastrar na plataforma.

Sesc TV
Grande parte do conteúdo original produzido pelo canal Sesc TV está disponível sob demanda em seu site e é gratuito, sem requisitar cadastro ou assinatura. O canal acaba de lançar a série documental em cinco episódios “Paulo Freire, um homem do mundo”, dirigida pelo cineasta Cristiano Burlan, que pode ser assistida na íntegra pelo site. Há também séries de ficção, como a elogiada Revolta dos Malês, dirigida por Belisario Franca e Jeferson De. São mais de 800 conteúdos disponíveis, entre espetáculos, documentários, filmes e entrevistas.

Medeia filmes
A Medeia Filmes é uma empresa portuguesa e anunciou que irá disponibilizar três filmes por semana para streaming em seu site. É desnecessário o cadastro. Na primeira semana da iniciativa, a plataforma exibe três filmes do cineasta Wim Wenders com legendas em português: “O estado das coisas”, de 17 a 18 de março de 2020, “Paris, Texas”, disponível entre os dias 19 e 20 e “Lisbon story - viagem a Lisboa”, que pode ser assistido entre 21 e 22 de março. Nas semanas seguintes, filmes novos devem entrar toda terça, quinta e sábado para garantir uma “quarentena cinéfila”, como define a exibidora.

Spcine Play
O serviço de streaming da empresa de fomento ao cinema da prefeitura de São Paulo liberou por 30 dias o acesso a todo seu catálogo a partir da quarta-feira (18). Para assistir, é preciso cadastrar e-mail e senha na plataforma Looke, para a qual o usuário é redirecionado ao selecionar um título.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Preencha seu email abaixo para receber atualizações diárias de nossos artigos
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet