Cuiabá, terça-feira, 11/08/2020
01:58:34
informe o texto

Notícias / Cinema

16/06/2020 às 13:45

MAUAL: assista a 10 filmes mato-grossenses selecionados na última edição

O compartilhamento online e gratuito integra Temporada Online do Cine Teatro e Cineclube Coxiponés

Maria Clara Cabral

MAUAL: assista a 10 filmes mato-grossenses selecionados na última edição

Gota d’água, filme de Pollyana Rodrigues

Foto: Divulgação

Vitrine e laboratório para a produção audiovisual mato-grossense, a Mostra de Audiovisual Universitário e Independente da América Latina (MAUAL) chega a sua 19ª edição. As inscrições foram abertas nesta terça-feira (16) e seguem até o dia 14 de junho.

Como atividade de lançamento,
10 curtas-metragens de realizadores de realizadores da terra, exibidos na última edição da MAUAL, foram compartilhados nas redes sociais do Cine Teatro e Cineclube Coxiponés, integrando a Temporada de Filmes Online.

Entre curtas experimentais, vídeos-arte, documentários e de ficção, premiados na MAUAL 2019 estão lista: ‘DOD’, eleito melhor Curta experimental da Modalidade Independente pelo júri popular; ‘Drag Nostra’, melhor Curta Ficcional da Modalidade Independente pelo júri popular; ‘Fim da Picada’, melhor Filme Militante da 18ª MAUAL pelo júri oficial; melhor Curta experimental da Modalidade Universitária e Curta Curtíssimo pelo júri popular.

LEIA TAMBÉM: Com o lema ‘Sobrevivências’, Coxiponés abre inscrições para MAUAL 2020


Os filmes ficarão disponíveis no Youtube Facebook do Cineclube Coxiponés. Links abaixo:

A Barragarcense
(Gabriel Green Fusari, MT, 2019, 3’)

Sinopse: Três estudantes universitários estão numa mobilização a favor da educação em Barra do Garças/MT. Os processos experimentais constitutivos das cenas são referências às políticas governamentais no que se refere ao contingenciamento dos investimentos para a educação.


Controvérsias

(Vitória Molina, MT, 2018, 15’)

Sinopse: Gabriela (Marcela Vieira) é uma estudante de letras que vive um belo romance com o músico Caio (Lucas Lemos). Eles vivem uma história de amor, até que Gabi se vê sendo destruída aos poucos.

DOD
(Jonathan Nery, MT, 2019, 4’)

Sinopse: DOD é uma personificação artística, criada em um universo ideológico representativo da poética performática de uma borboleta como sopro de liberdade na temática de auto aceitação a ideologia de gênero e sexualidade em relação as amarras sociais criadas em seu próprio casulo. Eleito pelo júri popular da MAUAL 2019 como Melhor Curta experimental da Modalidade Independente.


DragNostra

(PV Vidotti, MT, 2018, 13’)

Sinopse: Um roubo de banco feito por uma família de DragQueens mafiosa. Eleito pelo Júri Popular da MAUAL 2019 como Melhor Curta Ficcional da Modalidade Independente.


Fim da picada

(Angu de Caroço - Coletivo de Subversão Audiovisual, MT, 2019, 10’)

Sinopse: Em meio a uma infeliz política ambiental, o Rio Araguaia torna-se protagonista de uma controversa ação do atual governo. Uma visita a inusitada divide a cidade em dois polos politicamente opostos. Eleito pelo Júri Oficial da MAUAL 2019 como Melhor Filme Militante da 18ª MAUAL.


Gota d’água

(Pollyana Rodrigues, MT, 2019, 13’)

Sinopse: Ana, estudante de cinema da UFMT se vê numa situação inusitada de perseguição e paranoia, enquanto espera o ligeirão para ir embora. Seria o duelo entre realidade e fantasia o fio condutor de sua vida acadêmica ou apenas mais um dia estressante sob o sol escaldante de Cuiabá?
 

#Juri

(Samantha Col Debella, MT, 2018, 15’)

Sinopse: Mario é drogado, vive na rua e é preso, suspeito de um crime. Julgado pelo novo sistema judiciário, sua punição será decidida pela votação nas redes sociais. #Juri é a reflexão do comportamento e pré-julgamentos da sociedade no mundo digital.

Na pele
(Luiz Leite, MT, 2019, 2’)

Sinopse: Experimentação fotográfica e audiovisual, que registra a Arte Performática e tem como principal abordagem o corpo negro como forma de pertencimento, celebração e resistência. Eleito pelo júri popular da MAUAL 2019 como Melhor Curta experimental da Modalidade Universitária e Melhor Curta Curtíssimo da Mostra.


Recomeço

(Wallace Magalhães, MT, 2019, 17’)

Sinopse: Agnes e Pilar são mulheres de personalidades completamente diferentes. Enquanto Pilar tem uma vida perfeita – bem casada, usufruindo de tudo o que o dinheiro pode lhe dar -, Agnes atravessa uma grande crise financeira. Ambas não se toleram, e para agravar a situação, elas estão prestes a tomar decisões arriscadas que poderão comprometer a vida de todos em volta.

Viúva Negra
(Marcella Rodrigues Vieira, MT, 2019, 9’)

Sinopse: “Viúva-negra” conta a história do triângulo amoroso entre Ney, Mary e Shirley. É no vestiário do Clube das Águas - um parque aquático frequentado pela elite cuiabana e celebridades a passeio na cidade e na região que a história começa. Nele, Ney Andrade toma banho em um dos boxes após um longo dia no clube. No vestiário, um par de pés femininos com uma tornozeleira de strass de brilhantes e uma tatuagem de aranha viúva-negra caminha silenciosamente até ele. A mulher retira um martelo de sua bolsa e, com alguns golpes, mata Ney, deixando seu corpo no vestiário. O crime é investigado pela dupla de detetives John Clayton e Shirley Entra. Seria sua mulher a responsável pelo assassinato? O curta apresenta um desfecho inusitado para trama, em que os personagens envolvidos revelam obscuros segredos.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Preencha seu email abaixo para receber atualizações diárias de nossos artigos
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet