Cuiabá, sábado, 31/07/2021
13:54:21
informe o texto

Notícias / Geral

15/06/2021 às 13:16

Em compra exagerada, mais de 70 mil comprimidos de Ivermectina deve vencer em Cuiabá

Projeção é feita pelo Departamento Nacional de Auditoria do SUS, que calcula possível prejuízo de R$ 180,4 mil

Eduarda Fernandes

Em compra exagerada, mais de 70 mil comprimidos de Ivermectina deve vencer em Cuiabá

Foto: Reprodução

O Departamento Nacional de Auditoria do SUS (Denasus), vinculado ao Ministério da Saúde, estima que 71.059 comprimidos de Ivermectina, estocados no Centro de Distribuição de Medicamentos e Insumos de Cuiabá (Cdmic), podem vencer antes da utilização. A projeção é parte de uma auditoria, usada para embasar a deflagração da segunda fase da Operação Overpriced, realizada na última quinta (10).

Ao analisar auditorias do Ministério da Saúde, a equipe da Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (Deccor), identificou diversas irregularidades em procedimentos licitatórios envolvendo pelo menos três empresas que forneceram medicamentos à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio de dispensa de licitação, durante o período da pandemia ocasionada pela covid-19.

Investigadores observaram que nos procedimentos licitatórios em investigação teria ocorrido a superestimação da necessidade de compra dos medicamentos. Um dos relatórios produzidos pela Deccor cita que o Denasus constatou que oito meses após o início das aquisições, o estoque atual de Ivermectina no Cdmic é de 445.370 comprimidos, resultando em uma saída média de 22.018,25 comprimidos por mês.

“Nesse atual consumo o estoque de 445.370 se esgota em 20,22 meses, e considerando que o prazo de validade do medicamento vai até o mês 07/2022, ou seja, aproximadamente 17 meses, há uma projeção de que 71.059 comprimidos podem vencer antes de sua utilização, representando um possível prejuízo de R$ 180.491,89 se for considerado o preço médio de aquisição em R$ 2,54 por comprimido”.

Leia mais sobre a operação aqui.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet