Cuiabá, segunda-feira, 02/08/2021
14:07:35
informe o texto

Notícias / Política

16/06/2021 às 13:31

Carvalho descarta proposta aprovada pelo MT Prev e conselho volta se reunir este mês

O novo projeto da previdência que foi rejeitado pelo Conselho da MT Prev já havia sido acordado entre a Assembleia Legislativa e o Governo do Estado.

Da Redação - Kamila Arruda / Da Reportagem Local - Alline Marques

Carvalho descarta proposta aprovada pelo MT Prev e conselho volta se reunir este mês

Foto: Reprodução

O Conselho do MT Prev deve se reunir extraordinariamente até o final deste mês para reavaliar a proposta do governo do Estado no que se refere à previdência dos aposentados e pensionistas de Mato Grosso.

O secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho (DEM), afirma que o projeto deverá ser reavaliado pelo grupo, uma vez que o Executivo Estadual não tem condições de implementar a propositura aprovada.

“Vai ter uma reunião extraordinária do Conselho até o final do mês de junho. Esse projeto deverá ser colocado em pauta de novo, até porque aprovou o dobro do teto sem fazer nenhum estudo de impacto financeiro. Então, nós vamos debater de novo essa proposta, saber se alguém fez esse estudo, porque a gente já tem os números”, disse o democrata, em entrevista à imprensa na manhã desta quarta-feira (16).

No início do mês, o Conselho descartou a proposta enviada pelo Estado para isenção da contribuição de 14% para os doentes raros que recebem até o teto do INSS de R$ 6,4 mil, e aprovou um substitutivo, aumentando a faixa de isenção para os que recebem até o dobro do teto, na ordem de R$ 12,8 mil. 

Leia também - Conselho do MT Prev modifica proposta e adia envio de projeto da previdência para a AL

O novo projeto da previdência que foi rejeitado pelo Conselho da MT Prev já havia sido acordado entre a Assembleia Legislativa e o Governo do Estado. Os deputados aguardavam apenas o envio do projeto para colocá-lo em votação. 

Em suma, a matéria previa a isenção de R$ 3,3 mil para servidores que recebem até R$ 9 mil. O desconto seria gradativo. 

“Eu acredito no poder da técnica, no poder daquilo que é possível o Estado fazer, porque nem sempre aquilo que a gente quer fazer é possível ser implementado. Nós gostaríamos de fazer muita coisa, mas tudo tem um limite. O estado de Mato Grosso é favorável a muita coisa, mas nem sempre e possível fazer todas elas”, finalizou.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet