Cuiabá, domingo, 25/07/2021
21:22:36
informe o texto

Notícias / Judiciário

14/07/2021 às 15:00

Faissal representa Energisa no MP por taxação de energia solar

Parlamentar solicita que o MPE tome as medidas administrativas, civis e criminais cabíveis à espécie e contra quem de direito, para sanar o abuso

Kamila Arruda

Faissal representa Energisa no MP por taxação de energia solar

Foto: Reprodução

O deputado estadual Faissal Calil (PV) ingressou com uma representação no Ministério Público Estadual (MPE) contra a Energisa, concessionária de energia elétrica que atua em Mato Grosso. O motivo é a cobrança “irregular” de ICMS sobre a geração de energia solar. O parlamentar solicita que o órgão tome as medidas administrativas, civis e criminais cabíveis para sanar o abuso.

A representação foi protocolada junto a Promotoria de Defesa do Consumidor do Ministério Público. Para o parlamentar, a concessionária está praticando uma “abuso” e ainda ferindo a legislação, que não tem previsão expressa que fundamente a cobrança do imposto sobre a energia solar.

“Está muito bem demonstrado que a representada começou a cobrar um imposto por sua própria vontade, sem ordem do ente tributador e sem que tal tributo tenha sequer sido criado. Apenas por isso já desaparece a figura da relação contribuinte-fisco, vislumbrando-se a existência de uma relação de consumo, onde a parte fornecedora está praticando um crime de excesso de exação para se locupletar às custas dos consumidores, ainda mais quando cobra valores aleatórios, sem base legal e sem a necessária descriminação”, fundamentou o deputado no documento.

Além disso, cita que a cobrança passou a ser feita pela Energisa de uma hora para a outra, sem qualquer aviso prévio. “Como se não bastasse a falta de comunicação prévia, a aludida cobrança não especificou e ou discriminou A fórmula utilizada para descontar do consumidor a quantia de R$ 0,16 (dezesseis centavos) por kwh produzido e injetado na rede de distribuição, ferindo, assim, o disposto no art. 6º do Código de Defesa do Consumidor”, completou.

Outro lado

Procurada, a assessoria de imprensa da Energisa informou que enviará um posicionamento até o final do dia.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet