Cuiabá, segunda-feira, 26/07/2021
12:22:38
informe o texto

Notícias / Polícia

21/07/2021 às 18:48

Cadeia Pública de Chapada se torna novo presídio militar

Desde maio de 2020 já foram fechadas 9 cadeias públicas em cumprimento ao TAC entre Governo, MP e TJ

Eduarda Fernandes

Os 23 policiais presos na Cadeia Pública de Santo Antônio de Leverger, que servia como presídio militar, foram transferidos no último fim de semana para a Cadeia Pública de Chapada dos Guimarães, que se tornou a unidade de referências para prisão de policiais. Isso porque os 64 presos que estavam em Chapada foram remanejados para outras unidades em Cuiabá e Várzea Grande.
 
Os servidores que estavam lotados nessas unidades serão remanejados para outros locais conforme necessidade da Administração Pública. De acordo com as informações da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), a unidade de Santo Antonio de Leverger será reformada para ser uma unidade do semiaberto.
 
A Cadeia Pública de Chapada dos Guimarães tem capacidade para 101 presos e será reformada, mesmo com poucos os presos policiais na unidade. A reforma deve iniciar na próxima semana.
 
Desde a assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre Governo de Mato Grosso, Tribunal de Justiça e Ministério Público Estadual, em maio de 2020, já foram fechadas 9 cadeias públicas: Rosário Oeste, Poconé, Vila Bela da Santíssima Trindade, Dom Aquino, Alto Garças, Itiquira, Canarana e Porto Alegre do Norte.
 
Por meio de nota, a Sesp informou que os servidores das unidades que foram fechadas foram enviados para as unidades mais próximas. Conforme o Estatuto do Servidor Público, eles podem requerer via formulário a ajuda de custo para mudança de localidade, quando o servidor é removido conforme interesse da Administração Pública.
 
Sindspen
 
Representantes do Sindicato dos Servidores Penitenciários (Sindspen) se reuniram o com secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, e um dos itens da pauta foi o fechamento das unidades.
 
A presidente do Sindspen, Jacira Maria, sugeriu um horário alternativo a esses Policiais Penais advindos das unidades desativadas ou utilizar a viatura dessas unidades para transportar os Policiais Penais de um município a outro, para desempenhar seu serviço.
 
“O Secretário respondeu que primeiro precisa aguardar os demais fechamentos que ainda ocorrerão e a acomodação dos Policiais Penais nas unidades de destino, mas disse que, aos poucos têm atendido os casos específicos que são levados ao seu conhecimento. Mencionou que no momento não tem como atender nosso encaminhamento, mas, estará anotando a sugestão e deixá-las como proposta futura”, disse a presidente.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet