Cuiabá, terça-feira, 21/09/2021
06:37:52
informe o texto

Notícias / Política

04/08/2021 às 07:41

Mendes diz que tem 50% de chances de sair ou não à reeleição

Governador diz que tem perfil gestor pegar ‘boi no chifre’ e não sobra muito tempo de percorrer o Estado

Da Redação - Débora Siqueira / Reportagem Local - Angélica Callejas

Mendes diz que tem 50% de chances de sair ou não à reeleição

Foto: Angélica Callejas

Oito meses após a última reunião com os companheiros de partido, o governador Mauro Mendes (DEM) esteve com correligionários e destacou que apesar das cobranças para percorrer mais o Estado, ele é melhor gestor do que fazendo política, mesmo gostando do contato com os colegas de partido de todas as regiões do Estado.
 
“Se eu andar muito, não consigo fazer gestão. Peço a compreensão porque não conseguimos dar atenção que gostaria, mas para pegar o ‘boi no chifre’ é preciso estar em Cuiabá. As coisas estão melhorando no Estado. Para mim, a melhor forma de representar o partido é entregar resultados à população”.

Leia também - Botelho cobra participação do governador nas articulações para 2022
 
Apesar de ser o principal nome do partido nas eleições 2022, pleito que preocupa o DEM em relação às proporcionais, o governador disse que é arriscado apostar sua candidatura.
 
“Eu não decidi nada ainda de ser candidato ou não. Ninguém pode apostar porque as chances são de 50% de sim e 50% de não, então é uma aposta arriscada. No momento adequado, em abril do ano que vem vou definir, assim como eu fiz quando fui prefeito de Cuiabá”.
 
Em 2016, Mauro Mendes surpreendeu ao decidir não concorrer às eleições por motivos pessoais mesmo estando
 bem avaliado pela população. Deixou a política para se dedicar integralmente às suas empresas, que passavam por recuperação judicial.
 
Ele também descartou a intenção de mudar de partido e afirmou que isso não passa de fofoca, pois nunca se pronunciou a respeito do assunto. Diz que não tem motivos para deixar o Democratas, está confortável na sigla e ainda está muito distante das eleições de 2022.
 
Apoio dos correligionários
 
Mendes discursou sobre as realizações que o governo de Mato Grosso tem feito como a aplicação de 15% das receitas em investimentos, mais do que o normal dos demais Estados que aplicam de 2% a 6% em obras. Lembrou que pegou um estado praticamente quebrado, com salários em atraso e obras paradas, mas que em 2 anos e meio conseguiu virar a chave.
 
Ele pediu apoio de lideranças, prefeitos e vereadores para que a população saiba que o “DEM governa Mato Grosso bem”.
Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet