Cuiabá, terça-feira, 26/10/2021
01:55:08
informe o texto

Notícias / Política

09/09/2021 às 16:20

Emanuel cita risco e aguarda manifestação da Justiça sobre decisão de volta às aulas

Até o momento não houve manifestação

Kamila Arruda

Emanuel cita risco e aguarda manifestação da Justiça sobre decisão de volta às aulas

Foto: Reprodução / Gcom-MT

Diante do manifestação do Ministério Público de Mato Grosso (MPMT), que solicitou a aplicação de multa contra à capital por descumprimento de ordem judicial, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) reiterou que todas as suas decisões são pautadas em orientações e dados técnicos do Comitê Municipal de Enfrentamento à covid-19.

As declarações fazem referência à determinação de retomada das aulas presenciais no município através do sistema híbrido. No mês passado, a Justiça acolheu um pedido do órgão ministerial e determinou que o município retorne com as atividades presenciais no sistema educacional de ensino.

Leia também - MP requer aplicação de multa contra prefeito por litigância de má-fé

O chefe do Executivo Municipal, contudo, solicitou à Justiça a reconsideração da ordem judicial. Até o momento, não houve manifestação. “O município de Cuiabá, embora apresente um cenário de desaceleração da transmissão do novo coronavírus, permanece amparado por normativas específicas primando pela saúde da população”, alegou o prefeito por meio de nota.

Aproveitando o ensejo, ele ainda voltou a defender a necessidade de imunização de 100% dos profissionais da educação, incluindo os 15 dias de prazo após a aplicação do imunizante, a fim de garantir um retorno seguro para toda a comunidade escolar. “Mediante esse entendimento, solicitou à Justiça a reconsideração da ordem judicial e aguarda manifestação”, completou.

Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real 
Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet