Cuiabá, sábado, 24/02/2024
20:55:33
informe o texto

Notícias / Geral

28/02/2023 às 08:52

Fotos e vídeos | Temporal derruba árvores e postes; Cuiabá e VG registram falta de energia

Desde a tarde dessa segunda-feira, várias ocorrências foram registradas

Eloany Nascimento

Fotos e vídeos | Temporal derruba árvores e postes; Cuiabá e VG registram falta de energia

Foto: Helder Douglas/Leiagora

Quem saiu de casa nesta manhã em Cuiabá e Várzea Grande viu ao menos uma árvore caída ao chão ou outros resquícios do temporal que atingiu a região entre a tarde dessa segunda-feira (27) e a madrugada desta terça-feira (28). Neste período, muitas ocorrências foram registradas. Dentre as solicitações de atendimento estão acidentes, queda de árvores e empresas destelhadas. Além disso, vários pontos da capital ficaram sem energia. 

As primeiras ocorrências foram registradas logo no período da tarde de ontem, quando uma forte chuva caiu sobre a capital e na região metropolitana. Árvores e telhados de empresas não resistiram aos ventos fortes e desabaram.

Na  Alzira Santana, uma das avenidas mais movimentadas de Várzea Grande, o trânsito também foi prejudicado por conta das chuvas, porque vários telhados de empresas caíram, chegando até mesmo a interditar a via.

O temporal seguiu após uma pausa no fim do dia, e retornou com raios, trovões e fortes ventos durante a noite e foi até a madrugada.  O sono de muitos cuiabanos e várzea-grandenses foi prejudicado, isso porque, boa parte da cidade ficou sem energia com a queda na energia em consequência de postes que caíram e árvores que atingiram a rede elétrica.

A região mais afetada pela queda de energia foi a do CPA, mas ainda houve ocorrências que afetaram o fornecimento nos bairros Morada da Serra, Santa Cruz, Boa Esperança, Doutor Fábio, Morada do Ouro, Bela Vista, Renascer e Dom Bosco.

Conforme a Energisa, cerca de 1.200 imóveis estão sem energia e deste total 500 estão com a rede isolada pela queda severa de árvores e/ou postes. Profissionais especializados em intervenções pesadas, assim como o apoio e parceria ao trabalho do Corpo de Bombeiros, estão concentrados nestes trechos. 

O sistema de contingência foi ativado, em razão do aumento repentino de atendimentos, com reforço de pessoal. O trabalho está sendo coordenado no Centro de Operações Integrado da empresa Energisa, que está realizando o remanejamento remoto de carga de acordo com o serviço feito em campo e por isso algumas regiões que não foram afetadas poderão sentir pequenas oscilações de energia ao longo do dia.

Além disso, a empresa pediu o apoio da população indicando ocorrências pelos canais de contato da empresa, assim como evitando e isolando trechos com estruturas de energia afetadas. "Se você ver algum fio solto, não toque de forma alguma. Chame a gente porque há o risco de acidentes sérios. A segurança tem que vir em primeiro lugar", destacou José Nelson Quadrado Júnior, gerente de operações da empresa.

Neste período, muitas ocorrências foram registradas ao Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso, dentre as solicitações de atendimento, estão acidentes, queda de árvores e empresas destelhadas, o número de registro ainda não foi divulgado até a publicação desta matéria. 


Veja vídeo:


 
   
Clique aqui, entre na comunidade de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real.

Siga-nos no Twitter e acompanhe as notícias em primeira mão.


 

Vídeo Relacionado

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet