Cuiabá, sábado, 24/02/2024
21:47:41
informe o texto

Notícias / Política

05/12/2023 às 16:20

SEM PRORROGAÇÃO

Carmona aguarda autorização do MPE e TCE para dar início à transição

Carmona afirma que esperava que esse processo já tivesse iniciado, mas ainda não obteve uma resposta do Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado

Da Redação - Kamila Arruda / Da Reportagem Local - Paulo Henrique Fanaia

Carmona aguarda autorização do MPE e TCE para dar início à transição

Foto: Mayke Toscano/Secom-MT

Sem acreditar na prorrogação, a interventora Danielle Carmona já solicitou aos órgãos de controle que faça a intermediação com a Prefeitura de Cuiabá para realizar a transição da gestão da saúde para o Município. Para ela, esse processo é de extrema importância para garantir a continuidade dos serviços prestados pelo setor.
 
Carmona afirma que esperava que esse processo já tivesse iniciado, mas ainda não obteve uma resposta do Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado.
Desta forma, aguarda que a transição seja feita na última semana de dezembro.

“A nossa expectativa era de que houvesse já o início dessa transição para que a gente possa passar para quem assumir toda essas ações e que não ocorra a interrupção dos serviços, mas até o momento não temos os nomes e nem como isso se dará. Nós já solicitamos que ocorra essa transição, mesmo que seja na última semana de dezembro, porque é importante para a continuidade dos serviços”, enfatizou Carmona na manhã desta terça-feira (5), ao participar da inauguração do Serviço de Atendimento Especializado (SAE).

A interventora ressaltou ainda que esse processo depende tanto da Prefeitura de Cuiabá como dos órgãos de controle. Carmons vai além e afirma que teme que o caos volte a se instalar no município após a saúde retornar para as mãos do poder Executivo Municipal.
 
“A gente teme por causa do histórico, mas vai ser muito triste se isso realmente acontecer. Nós conseguimos provar com nove meses à frente da pasta da saúde, que com gestão é possível colocar a saúde dos trilhos. Não está 100%, o tempo é muito curto, mas ninguém escuta pessoas morrendo como se barata fossem”, alfinetou.
 
Leia também - Carmona vê fim da intervenção com tristeza e espera assinatura de TAG para manter serviços à população


A intervenção estadual na saúde de Cuiabá encerra no próximo dia 31. No entanto, ainda há certa expectativa de agentes políticos acerca da possibilidade de prorrogação.

Carmona, por sua vez, já disse por diversas vezes que não vê a necessidade de se prorrogar a intervenção novamente, tendo em vista que o objeto da ação que culminou na medida já foi cumprido.
Clique aqui, entre na comunidade de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real.

Siga-nos no Twitter e acompanhe as notícias em primeira mão.


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet