Cuiabá, sábado, 20/07/2024
14:26:11
informe o texto

Notícias / Política

02/05/2024 às 17:56

PREOCUPANTE

Julio defende que AL entre na discussão sobre moratória da soja e carne

O parlamentar vê a possibilidade com preocupação e afirma que a medida pode prejudicar muito, não só Mato Grosso, como os demais estados do centro-oeste brasileiro

Da Redação - Kamila Arruda / Da Reportagem Local - Amanda Garcia

Julio defende que AL entre na discussão sobre moratória da soja e carne

Foto: JL Siqueira

O deputado estadual Julio Campos (União) defende que a Assembleia Legislativa busque meios de entrar na discussão sobre a moratória da soja e da pecuária no Congresso Nacional. O parlamentar vê a possibilidade com preocupação e afirma que a medida pode prejudicar muito, não só Mato Grosso, como os demais estados do centro-oeste brasileiro.

“Nós vimos com muita preocupação. A moratória a soja e da pecuária é um assunto gravíssimo que atinge profundamente a maior atividade econômica, não só de Mato Grosso, como do centro-oeste e do Brasil como um todo”, disse o parlamentar na manhã desta terça-feira (30).

Em suma, a chamada moratória é um compromisso de empresas de não comprar soja e carne produzidas em áreas de desmatamento no bioma amazônico, mesmo que feito de maneira legal. 

Uma das maiores preocupações do setor agropecuário é com a imagem negativa que tem sido atribuída aos produtores, mesmo diante do cumprimento das legislações ambientais. Além do mais, os produtores e entidades também criticam a medida por causa dos impactos econômicos que a moratória pode acarretar para o Estado.

Eles acreditam que essa é uma forma de frear o crescimento do país e expandir os negócios dos países concorrentes.

“A produção brasileira hoje abastece de alimentação o mercado internacional. No momento que determinados países forçam certas conveniências pessoais a proibir uma moratória a grande parte do território brasileiro é muito ruim e nós não podemos concordar. Nós estaremos atentos e vigilante. A Assembleia tem que entrar pra valer no sentido de não aceitar essa moratória”, finalizou Julio Campos.
Clique aqui, entre na comunidade de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real.

Siga-nos no Twitter e acompanhe as notícias em primeira mão.


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet