Cuiabá, sábado, 20/07/2024
15:03:53
informe o texto

Notícias / Política

07/05/2024 às 13:02

DANÇA DAS CADEIRAS

Quadro clínico de Amália pode antecipar retorno de Barbudo à Câmara Federal

A previsão é de que o suplente de deputado assuma a cadeira de Abílio no dia 1º de junho, ocorre que, a liberal segue internada na UTI e sem perspectiva de alta

Amanda Garcia

Quadro clínico de Amália pode antecipar retorno de Barbudo à Câmara Federal

Foto: Reprodução / Câmara Federal

O atual quadro de saúde da deputada federal por Mato Grosso, Amália Barros, pode antecipar o retorno do suplente de deputado Nelson Barbudo à Câmara Federal. Sendo o primeiro suplente do Partido Liberal no parlamento, o ‘combinado’ era de que Barbudo assumisse a cadeira do deputado e pré-candidato a prefeito de Cuiabá, Abílio Brunini, no dia 1 º de junho.

Ocorre que Amália foi hospitalizada no dia 1º de maio para retirada de um tumor benigno no pâncreas, onde passou por complicações. No último boletim médico emitido pelo Hospital Vila Nova Star, nesta segunda-feira (7), consta que a parlamentar está internada na UTI e sem perspectiva de alta.

Apesar disso, a decisão de se afastar ou não das atividades parlamentares ficará a cargo da própria deputada. À reportagem, o presidente estadual do PL, Ananias Filho, antecipou que a possibilidade de uma ‘pausa’ nos trabalhos de Amália não será discutida no partido.

“Ela está bem melhor, graças ao bom Deus, se afastar ou não das atividades é uma decisão personalíssima da deputada e não iremos tratar sobre isso no partido”, disse.

Ao Leiagora, a chefe de gabinete da congressista em Mato Groso, Hélida Vilela disse que, no momento, a liberal encontra-se com um atestado médico válido por 15 dias. Apesar disso, não informou sobre quando o documento foi emitido e se ele será prorrogado ou não.

Questionado pela reportagem, Barbudo declarou não ter buscado se informar sobre o assunto.

“Da minha parte, estou rezando pra que ela se restabeleça, é muito triste, né? Eu não tenho a intenção e nunca tive de assumir uma vaga com a tristeza da vida de uma pessoa, com uma doença. Jamais procuraria o partido, seria indelicado da minha parte, deselegante, perguntar se eu iria assumir ou não. Eu nunca faria isso, haja vista também que eu devo assumir no dia 1º de junho a vaga do Abílio. Isso já está combinado no partido”, declarou.

Como cada deputado pode ser afastar pelo prazo mínimo de 120 dias, caso Amália opte pelo afastamento, Barbudo anteciparia seu retorno à Câmara Federal.

Caso a projeção se concretize, o segundo suplente da agremiação, Rodrigo da Zaeli, deverá assumir a cadeira desocupada por Abílio no dia 1º de junho.
 ‘Renovando’ ainda mais a bancada do Partido Liberal no Congresso.
Clique aqui, entre na comunidade de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real.

Siga-nos no Twitter e acompanhe as notícias em primeira mão.


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet