Cuiabá, terça-feira, 18/06/2024
16:51:06
informe o texto

Notícias / Esporte

10/05/2024 às 16:42

RIVALIDADE CASEIRA

Cuiabá tem contas bloqueadas por não repassar parte de bilheteria com Mixto

Direção do Dourado já recorreu e informa que não mandou dinheiro porque presidente do alvinegro desfez do recurso publicamente

Jardel P. Arruda

Cuiabá tem contas bloqueadas por não repassar parte de bilheteria com Mixto

Foto: Reprodução

O Cuiabá Esporte Clube teve as contas bloqueadas na quarta-feira (8), por conta de uma ação judicial movida pelo Mixto, exigindo metade da bilheteria da partida realizada entre os dois clubes na 1ª rodada do Campeonato Mato-grossense de 2023, no dia 21 de janeiro. O departamento jurídico do Dourado já recorreu da decisão.

De acordo com nota divulgada pela diretoria do Cuiabá, o dinheiro não foi repassado ao Mixto porque o presidente do clube alvinegro, o empresário Dorileo Leal, recusou publicamente o dinheiro após discordar da quantia que o Dourado iria repassar.

“A equipe rival afirmava ter sido a responsável pelo bom público do estádio, não concordando na dedução das despesas que o Cuiabá teve com a divulgação da partida, entre outras. Tal alegação beira a alucinação, já que o Cuiabá há anos figura na elite do futebol brasileiro, disputando a Série A e competições internacionais, com calendário ao longo de toda a temporada e, por consequência, públicos relevantes na Arena Pantanal”, consta em nota do Cuiabá.

De acordo com o Dourado, a renda desse jogo deveria ser exclusiva do Dourado, porém a diretoria do clube, por iniciativa própria, decidiu dividir o recurso. O Mixto, no entanto, não aceitou ser deduzida da parte dele as despesas fixas para mandar a partida de futebol.

Confira abaixo nota do Cuiabá na íntegra:

Nota Oficial

O Cuiabá Esporte Clube foi surpreendido, em 08/05/2024, com bloqueios em suas contas bancárias, originadas por uma ação judicial promovida pelo Mixto Esporte Clube. 

A cobrança diz respeito ao rateio da bilheteria da partida realizada entre Cuiabá e Mixto, em 21/01/2023, válida pela 1ª rodada do Campeonato Mato-grossense de 2023. Naquela oportunidade, o Cuiabá era mandante de jogo e detentor da totalidade da renda auferida na partida. Contudo, visando agregar valor ao futebol mato-grossense, acordou dividir com o Mixto pela metade o saldo positivo da arrecadação, deduzidas as despesas.

A equipe rival afirmava ter sido a responsável pelo bom público do estádio, não concordando na dedução das despesas que o Cuiabá teve com a divulgação da partida, entre outras. Tal alegação beira a alucinação, já que o Cuiabá há anos figura na elite do futebol brasileiro, disputando a Série A e competições internacionais, com calendário ao longo de toda a temporada e, por consequência, públicos relevantes na Arena Pantanal.

A contestação das despesas pelo representante do Mixto foi deselegante, mal educada e encerrada pelo seu Presidente até com certo tom de chacota, como se vê das entrevistas e comunicados publicados em janeiro de 2023.

https://www.mixtonet.com/2023/01/dorileo-leal-recusa-dinheiro-do-cuiaba-por-descumprir-acordo-com-bilheteria.html 

Ora, se o seu Presidente publicamente renunciou aos valores que o Cuiabá havia oferecido, não havia porque efetuar qualquer repasse ou pagamento.

Surpreendentemente, o Cuiabá viu o arresto do valor pleiteado pelo rival por meio de ordem judicial que desconhece a renúncia publicamente declarada pelo representante do Mixto.

O Cuiabá informa que já tomou as medidas cabíveis para reverter tal bloqueio, que ocorreu com base em um pedido judicial eivado de má-fé e oportunismo.
Clique aqui, entre na comunidade de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real.

Siga-nos no Twitter e acompanhe as notícias em primeira mão.


 

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Jadson Oliveira 11/05/2024 às 00:00

    O CuiabáEC sabe que torcedor vai ao jogo do clube na Arena para ver, na verdade, o adversário, e não o Cuiabá. Em Campeonato estadual, claro, vai marcar o CuiabáEC como mandante do jogo porque sabe que quem vai levar torcida ao estádio é também o adversário, e no Mato Grosso é União, Mixto, Operário, Luverdense. Basta ver que o CuiabáEC está num torneio "internacional", mas contra o Metropolitanos não tinha, pelas imagens da TV, nem 400 pessoas na arquibancada.

 
Sitevip Internet