Cuiabá, terça-feira, 18/06/2024
15:30:12
informe o texto

Notícias / Geral

13/05/2024 às 13:04

DESCONTENTES

Metade dos brasileiros não apoia segundo mandato de Lula, aponta pesquisa

Os resultados mostram que o presidente enfrenta menos apoio entre os eleitores do sexo masculino, especialmente os mais jovens e com renda mais alta

Leiagora

Metade dos brasileiros não apoia segundo mandato de Lula, aponta pesquisa

Foto: Agência Brasil

Um estudo divulgado hoje pela Genial/Quaest revela que 55% dos participantes da pesquisa não acreditam que Luiz Inácio Lula da Silva (PT) mereça outro mandato presidencial, enquanto 42% acreditam que ele merece uma nova oportunidade. Apenas 3% dos entrevistados não deram uma resposta definitiva.

Os resultados mostram que o presidente enfrenta menos apoio entre os eleitores do sexo masculino, especialmente os mais jovens e com renda mais alta. Por exemplo, 59% dos homens e 57% dos entrevistados na faixa etária de 16 a 34 anos se mostraram contrários à ideia de reeleger Lula.

Além disso, a pesquisa revelou que os entrevistados com renda mais alta, especialmente aqueles que ganham mais de cinco salários mínimos, tendem a ser os mais críticos em relação à reeleição de Lula, com 66% deles expressando desaprovação. Por outro lado, entre aqueles que ganham até dois salários mínimos, 54% apoiam uma nova candidatura de Lula.

Regionalmente, o Sudeste se destacou como a região menos favorável a Lula, com 63% dos entrevistados se opondo à sua reeleição. No entanto, o Nordeste mostrou maior apoio ao ex-presidente, com 60% dos entrevistados favoráveis à sua permanência no cargo.

Outro ponto interessante da pesquisa é a preferência por Lula em comparação com Bolsonaro para as próximas eleições presidenciais. Enquanto 47% dos entrevistados afirmam que votariam em Lula, apenas 39% expressam intenção de votar em Bolsonaro.

O levantamento foi realizado entre os dias 2 e 6 de maio, através de 2.045 entrevistas presenciais, com um nível de confiança de 95% e uma margem de erro de 2,2 pontos percentuais.

 Tarcísio e Michelle Emergem como Possíveis Adversários Fortes

De acordo com a pesquisa da Quaest, o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), e a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro (PL) são os dois nomes mais fortes do campo oposicionista para um possível enfrentamento contra Lula nas eleições de 2026, caso o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) permaneça inelegível.

Segundo o estudo, Michelle é vista como a melhor alternativa por 28% dos eleitores, enquanto Tarcísio tem 24%. Com a margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, os dois estão tecnicamente empatados.

Além de Tarcísio e Michelle, outros nomes mencionados pelos eleitores incluem o governador do Paraná, Ratinho Júnior (PSD), com 10%; o de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), com 7%; e o de Goiás, Ronaldo Caiado (União Brasil), com 5%. Um total de 26% dos entrevistados não souberam ou não responderam.

 Entre os eleitores de Jair Bolsonaro, o nome de Michelle ganha ainda mais destaque. Entre eles, 41% preferem a ex-primeira-dama como opção contra Lula, enquanto 33% mencionam Tarcísio. Ratinho obteve 7%, e Caiado e Zema, 5%. 
Clique aqui, entre na comunidade de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real.

Siga-nos no Twitter e acompanhe as notícias em primeira mão.


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet