Cuiabá, terça-feira, 18/06/2024
15:43:10
informe o texto

Notícias / Judiciário

13/05/2024 às 13:12

MENOS UM ALIADO

Chico afirma que prefeito admitiu crimes e pede para judiciário não suspender processante

A manifestação foi feita por meio da Procuradoria Geral da Casa de Leis, junto a 2º Vara de Fazenda Pública da Capital

Kamila Arruda

Chico afirma que prefeito admitiu crimes e pede para judiciário não suspender processante

Foto: Reprodução

O presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Chico 2000 (PL) afirma que o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) admitiu que cometeu crimes no exercício do cargo, e pede para que a Justiça não suspenda a Comissão Processante, que tramita no Legislativo Municipal contra o atual gestor.

A manifestação foi feita por meio da Porcuradoria Geral da Casa de Leis, junto a 2º Vara de Fazenda Pública da Capital, que foi acionada pelo chefe do Executivo Municipal com o intuito de derrubar a investigação em seu desfavor em andamento no Parlamento Cuiabano.

O documento foi protocolado no último sábado (11). Nele, o Legislativo pede que o judiciário não acate o pedido feito por Emanuel, e mantenha a processante, uma vez que o próprio prefeito já admitiu que cometeu os crimes que ele esta sendo investigado na Câmara.

“Imperioso concluir que o prefeito confirma que praticou crime, porém sustenta que não compete aos vereadores apurar as práticas desses crimes, esquecendo-se que quem comete crime também fere a ética e a probidade, qualidades exigidas para quem ocupa o cargo de prefeito”, diz a procuradoria na manifestação.

A processante contra Emanuel foi instaurada com base em um inquérito do Ministéro Público Estadual (MPE), o qual aponta o emedebista como chefe de uma organização criminosa que desviou milhões dos cofres públicos por meio de esquemas criminosos no âmbito da Secretaria de Saúde da Capital.

Por conta disso, o prefeito chegou a ficar afastado do cargo por três dias. O STJ, contudo, derrubou a decisão do judiciário de Mato Grosso e determinou que o gestor voltasse ao cargo.

Justamente por conta disso é que ele alega que a Processante não pode ir pra frente, pois perdeu o seu objeto.
Clique aqui, entre na comunidade de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real.

Siga-nos no Twitter e acompanhe as notícias em primeira mão.


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet