Cuiabá, terça-feira, 18/06/2024
04:42:04
informe o texto

Notícias / Geral

27/05/2024 às 10:43

BURACO ZERO

Tapa-buracos de R$ 15 milhões em Cuiabá começa nesta segunda (27)

O secretário de Obras, José Roberto Stopa, acredita que até o dia 31 de dezembro de 2024, Cuiabá não deve ter mais buracos nas ruas

Marina Martins

Tapa-buracos de R$ 15 milhões em Cuiabá começa nesta segunda (27)

Foto: Prefeitura de Cuiabá

Uma força-tarefa para tapar os buracos de ruas e avenidas de Cuiabá deve começar nesta segunda-feira (27). O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) anunciou um investimento de cerca de R$ 15 milhões para a ação. Os recursos são de emendas parlamentares federais, além do Tesouro Municipal. 

A operação, segundo a administração municipal, terá prazo de conclusão de 90 dias. Nove equipes das Secretarias de Mobilidade Urbana e de Obras Públicas vão trabalhar, inicialmente, na região central e em mais 18 bairros. As equipes serão formadas por seis trabalhadores, um caminhão, uma retroescavadeira e um rolo compactador. A próxima etapa será a região da Grande CPA e Pedra 90.

A buraqueira na Capital é um dos principais alvos de críticas à gestão municipal. O prefeito se defende, relembrando que a malha viária da cidade é antiga e de péssima qualidade.

“Uma malha viária danificada, que tinha uma vida útil já vencida ou que foi mal feita no passado. Agora que o período chuvoso passou e vencemos os processos burocráticos, estamos prontos para a força-tarefa”, reforçou durante o anúncio.

Buraco zero

No fim do ano passado, o vice-prefeito e secretário de Obras de Cuiabá, José Roberto Stopa (PV), chegou a anunciar uma nova tecnologia para serviços de tapa-buraco. A massa asfáltica ensacada, que pode ser utilizada até mesmo em período chuvosos, sem perigo de descolamento do asfalto novo. A previsão era de quem em janeiro deste ano, a tecnologia avançada já estivesse sendo utilizado nas vias de Cuiabá. Mas, quase encerrando o primeiro semestre do ano, o trabalho ainda não começou.

Stopa, o coordenador da força-tarefa, segue otimista. O secretário de Obras acredita que até o dia 31 de dezembro de 2024, Cuiabá chegue à marca de “buraco zero”.

“Nós tivemos, sim, uma série de dificuldades, grandes dificuldades, dificuldades financeiras. Asfalto é uma coisa extremamente cara; se não houver dinheiro no caixa para pagar, não há trabalho a ser prestado. Não estou aqui questionando as empresas, mas asfalto é uma coisa que você compra e paga basicamente à vista. É um dos serviços que não se protela o pagamento. Mas a notícia é boa: até o dia 31 de dezembro, vamos entregar Cuiabá sem buracos”, declarou.
Clique aqui, entre na comunidade de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real.

Siga-nos no Twitter e acompanhe as notícias em primeira mão.


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet