Cuiabá, quarta-feira, 24/07/2024
16:50:24
informe o texto

Notícias / Geral

06/06/2024 às 15:51

NA SANTA CASA

Unidade móvel de saúde da SES atende mulheres surdas com apoio de tradutor de Libras

Ação ofertou consultas médicas em mastologia e exames de câncer de mama e colo de útero

Entretê

Unidade móvel de saúde da SES atende mulheres surdas com apoio de tradutor de Libras

Foto: Secom-MT

A Unidade Móvel de Saúde da Mulher da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) realizou, nesta terça e quarta-feira (04 e 05.06), exames ginecológicos em 25 mulheres surdas. A ação foi promovida pelo Hospital Estadual Santa Casa em parceria com a Secretaria de Estado de Assistência Social (Setasc-MT), que ofereceu apoio da Central de Interpretação de Libras.

Está prevista para o dia 11 de junho a segunda etapa da ação, que vai atender outras 25 mulheres surdas.

A diretora do Hospital Estadual, Patrícia Neves, destacou que a Unidade Móvel de Saúde da Mulher dá agilidade na realização de exames e que a tradução simultânea possibilitou atender ao público.

“A unidade móvel de Saúde da Mulher nos possibilita um atendimento mais ágil. Porém, sem o auxílio da tradução simultânea, muitos detalhes importantes poderiam ser perdidos na comunicação entre médico e paciente. Então ficamos muito contentes de poder ofertar, de maneira inclusiva, esses exames tão importantes para a saúde da mulher”, enfatizou a diretora.

A paciente Larissa Santos, de 33 anos, foi uma das mulheres atendidas durante a ação e avaliou a importância da acessibilidade no atendimento em saúde. 

“É importante termos essa oportunidade de atendimento, com acessibilidade. Também queremos participar das ações da saúde da mulher, é importante nos cuidarmos como mulheres, questão de câncer da mama e outros exames. A gente não consegue ter comunicação com os profissionais médicos nem com as instituições”, ponderou a paciente ao relatar as recorrentes dificuldades de comunicação nos atendimentos que recebeu ao longo da vida.

O médico cancerologista cirúrgico do Hospital Estadual, Eduardo de Arruda, destacou a importância da realização anual dos exames e como a barreira da comunicação pode dificultar o atendimento. 

"É através dos exames que podemos detectar alterações como câncer de mama, câncer de útero e de colo de útero. Para garantir um bom atendimento, a comunicação é essencial, por isso a presença do intérprete é fundamental", explicou o médico.

A Unidade Móvel de Saúde da Mulher já realizou 4.986 consultas até junho deste ano no Hospital Estadual Santa Casa. Em 2023, foram realizados 12.516 atendimentos por meio da unidade.

 
Da Secom-MT
Clique aqui, entre na comunidade de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real.

Siga-nos no Twitter e acompanhe as notícias em primeira mão.


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet