Cuiabá, quarta-feira, 17/07/2024
16:26:41
informe o texto

Notícias / Polícia

18/06/2024 às 15:19

MOTIVO TORPE

Assassino de adolescente é condenado a 19 anos de prisão; ele ofereceu R$ 500 a jovem e a matou

A sentença foi exarada pelo Tribunal do Juri nesta segunda-feira

Leiagora

Assassino de adolescente é condenado a 19 anos de prisão; ele ofereceu R$ 500 a jovem e a matou

Foto: Reprodução Leiagora

O autor do feminicídio de uma adolescente de 16 anos, em Sorriso em 2021, foi condenado pelo Tribunal do Júri a 19 anos e nove meses de reclusão, em julgamento realizado nesta segunda-feira (17), no município. A vítima foi ludibriada pelo assassino que lhe prometeu dar R$ 500 e a matou quando ela chegou no local do encontro.
 
As investigações conduzidas pela Polícia Civil, por meio da Delegacia de Sorriso, apontaram que o réu José dos Santos Silva Conceição, vulgo “Neguim”, foi o autor do crime com as qualificadoras de motivo torpe, com a utilização de recurso que impossibilitou a defesa da vítima e em contexto de violência doméstica e familiar.

O corpo da vítima, identificada como Andressa dos Santos Silva, foi localizado no dia 24 de outubro de 2021, em uma região de mata, no bairro Morada do Bosque, com várias perfurações de arma de fogo.

No dia anterior, a mãe da vítima havia procurado a Delegacia de Sorriso para comunicar o desaparecimento da filha. Ela disse que a filha tinha saído de casa dizendo que logo retornaria, e não levou o celular.

Segundo as investigações, o suspeito e a vítima mantinham um relacionamento amoroso, porém, em razão do comportamento agressivo do namorado, ela decidiu terminar a relação. Dias antes do crime, a vítima havia iniciado um relacionamento com outra pessoa.

No dia do crime, o réu atraiu a vítima com a promessa de lhe dar R$ 500 de presente, mas que ninguém da sua família poderia saber. Ao encontrar a ex-namorada, o réu desferiu uma facada no peito da vítima e depois cortou seu pescoço. Após matar a vítima, ele ocultou o corpo em uma região de mata.

A prisão do investigado ocorreu três dias após a localização do corpo de Andressa, sendo o réu preso em uma ação conjunta da Polícia Civil de Mato Grosso e Polícia Militar do estado de Tocantins, na cidade de Gurupi (TO).
Clique aqui, entre na comunidade de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real.

Siga-nos no Twitter e acompanhe as notícias em primeira mão.


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet