Cuiabá, sábado, 06/03/2021
21:49:40
informe o texto

Notícias / Leia Rápido

06/07/2018 às 07:29

Taques e Pinheiro assinam termo para aquisição de equipamentos do novo PSMC

Redação Leiagora

Faltando nove meses para a inauguração do novo Hospital e Pronto Socorro de Cuiabá, o processo de compra dos equipamentos deu início após o governador Pedro Taques (PSDB) e o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) assinarem o compromisso de transferência de recursos. Ao todo onze mil itens constam na lista para que possam ser adquiridos por meio de processo licitatório.

[caption id="attachment_23517" align="alignleft" width="300"] Deputado Valtenir se pronuncia sobre os recursos. Foto: Gcom[/caption]

Os recursos para aquisição dos equipamentos já estão assegurados, e está na conta do governo de Mato Grosso desde o ano passado. Os itens inclusos na lista devem custar cerca de R$ 82 milhões.

- Conquistamos esses recursos com muito trabalho. Toda bancada de Mato Grosso, incluindo deputados e senadores trabalharam incansavelmente em prol do estado e de Cuiabá. São R$ 100 milhões que servirão para equipar todo o Pronto Socorro. ? disse o deputado federal Valtenir Pereira (MDB)

Após a assinatura do compromisso, o recurso será repassado de forma imediata pelo governo de Mato Grosso à prefeitura.

-Tenho que ser justo e hoje depois de um ano e seis meses como gestor digo que esta obra não nasceria, não seria tocada e nem entregue sem o governador Pedro Taques. Da mesma forma que esta obra não seria equipada se não fosse a bancada federal.

Taques destacou a importância de ter os pés no chão para não repetir os erros de gestões passadas.

-Agradeço os três senadores e os oito deputados federais aqui na pessoa do Wellington e do Valtenir. O cidadão mais simples sabe que quando começa a construir sua casa, ele não compra o fogão, a geladeira. Por que a geladeira pode mudar o modelo. Já vimos isso no passado em Mato Grosso. Temos 11% da obra física do VLT, R$ 700 milhões, os vagões estão comprados. O equipamento de saúde muda seu modelo a todo momento. Quem vai comprar o equipamento? Isso é conversa fiada de quem não sabe administrar, conversa de quem quer fazer politicagem. Eu governo Mato Grosso com responsabilidade. ? afirmou o governador Pedro Taques.

O processo licitatório para as compras dos equipamentos deve ter início em breve, o consórcio responsável fará a entrega física do prédio em janeiro, a partir daí, começa a instalação dos equipamentos. Todo esse cronograma deve ser seguido à risca para que pronto socorro esteja em pleno funcionamento.

Em 2015, o valor inicial da obra foi de R$ 77 milhões, de lá para cá a obra sofreu seis aditivos, isso fez com a obra saltasse para valor de R$ 92 milhões. O governo de Mato Grosso vai pagar R$ 50 milhões, o restante fica por conta do executivo municipal. O novo Hospital e Pronto Socorro deve ser inaugurado no dia 08 de abril, data que Cuiabá completa 300 anos.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet