Cuiabá, terça-feira, 09/03/2021
02:59:16
informe o texto

Notícias / Geral

04/09/2018 às 12:53

Entidades Científicas do País publicam manifesto em defesa do Museu Nacional

Redação Leiagora

Dezenas de entidades científicas brasileiras assinaram um manifesto em defesa do Museu Nacional do Rio de Janeiro, que foi destruído por um incêndio no último domingo. No texto, as entidades manifestam sua tristeza e indignação, convidando também a sociedade a tomar parte na proteção do patrimônio brasileiro. O manifesto foi publicado nesta terça-feira (4).

As entidades criticam os cortes orçamentários, que têm afetado o desenvolvimento científico, tecnológico e educacional do país. ?A morte do Museu Nacional tem um significado simbólico que vai além dessa imensa perda para a cultura brasileira?, afirmam no texto. Para as entidades, os governos estão tratando investimentos em Ciência, Tecnologia e Educação como gastos. O Museu possuía um acervo de fósseis, documentos históricos, objetos do tempo pré-colonial, coleções de zoologia, entomologia e botânica. Além de contarem parte da história do Brasil, as coleções eram objeto de pesquisa e fonte de conhecimento.

O manifesto pede urgência na liberação de recursos para a reconstrução do Museu. ?O objetivo não será certamente a impossível reconstrução das coleções perdidas ou dos irrecuperáveis tesouros históricos e científicos que têm alimentado a pesquisa nessa instituição. Será, sim, a reconstrução de uma ideia que o fogo não devora, de um Museu que sirva de referência para as futuras gerações, repetindo a fórmula que esteve presente na sua história, de um acervo histórico e científico apoiado na pesquisa científica, reunindo, assim, indissoluvelmente, a memória e a investigação, o passado e o futuro?, afirma um trecho do texto.

O texto termina com um apelo para que o acontecido não se repita em outras instituições. As entidades pedem que sejam concretizadas as propostas estipuladas no Livro Azul da IV Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação. O manifesto é assinado por 39 instituições, dentre elas a Academia Brasileira de Ciências (ABC) e a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). O texto foi intitulado ?A Vida e a Morte da Ciência e da Memória Nacionais? e pode ser acessado neste link.

Direto da Redação, Bárbara Muller.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet