Cuiabá, sexta-feira, 23/07/2021
15:21:41
informe o texto

Notícias / Geral

17/10/2018 às 16:00

Fatos e mitos sobre a insônia

Redação Leiagora

A insônia consiste na dificuldade em dormir ou em pegar no sono. Um mito comum é sobre o consumo de álcool ajudar a dormir. O álcool em um primeiro momento pode ajudar a pegar no sono, mas conforme esse progride o sono torna-se inquieto ou ainda ajudar a acordar antes da hora. Muitas coisas podem causar a insônia como o sono ruim, higiene, doenças, efeitos colaterais de medicamentos, apneia do sono, dor crônica e síndrome das pernas inquietas. O exercício físico regular pode ajudar a melhorar a insônia, mas tente não se exercitar muito tarde (3 horas antes de ir dormir no máximo), pois caso contrário pode piorar a qualidade de sono em algumas pessoas.

Assistir TV ou ler um livro pode muitas vezes piorar a insônia, pois a luz da TV atrapalha a liberação do hormônio do sono (melatonina) e, o programa ou livro podem ser muito atrativos, deixando o insone mais agitado. Uma música relaxante em volume baixo pode ajudar a pegar no sono. Antes de consumir um medicamento para insônia, consulte o seu médico, pois os medicamentos tendem a ajudar somente temporariamente. O ideal é investigar a causa da insônia para assim ter uma boa qualidade de sono. A soneca à tarde pode afetar as pessoas de diferentes formas, enquanto para alguns pode ser benéfica, para outros pode atrapalhar o sono à noite.

O relógio biológico é individual, sendo que alguns indivíduos (na maioria) precisam de 7-8 horas de sono, enquanto outros de 4-6 horas. Caso não esteja conseguindo dormir levante e tente realizar uma atividade relaxante como meditação ou escutar uma música calma que promova o sono. A falta de sono crônica pode levar ao desenvolvimento de várias doenças, como a obesidade, diabetes, hipertensão, infarto e derrame.

Referência

http://www.webmd.com/sleep-disorders/living-with-insomnia-11/slideshow-insomnia?ecd=wnl_slw_071615&ctr=wnl-slw-071615_nsl-ftn_2&mb=voAu2w9N73u3p993LPWFqRXFE73IOX1c0OaTzBd4F8E%3d

Direto do Estadão Conteúdo, Joyce Rouvier
 
Sitevip Internet