Cuiabá, terça-feira, 19/03/2019
17:09:28
informe o texto

Notícias / Ciência, Saúde e Tecnologia

07/03/2019 às 22:06

Médicos participam de curso com instrutores do Hospital Albert Einstein

Redação Leiagora

Os médicos que atuam nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) dos hospitais públicos de Mato Grosso, geridos pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), participaram de uma capacitação para aprimorar o conhecimento sobre processo de diagnóstico por morte encefálica. Este procedimento é necessário para realização da retirada de tecidos e partes do corpo humano para fins de transplante e tratamento.

Promovido por meio de parceria entre a SES-MT e o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (Proadi-SUS), a capacitação foi ministrada por uma equipe de quatro médicos e dois instrutores técnicos do Hospital Albert Einstein. O curso teve carga horária de 8h/aulas, divido em teoria e prática.

De acordo com a coordenadora especialista em doação de órgão e transplante, Fabiana Molina, 32 médicos participaram do curso. Além de aprimorar o conhecimento, um dos objetivos é atender às reformulações exigidas na Resolução n° 2173/2017 do Conselho Federal de Medicina (CFM).

A notificação de morte encefálica exige procedimentos rigorosos e, por isso, é necessário que o profissional médico tenha experiência comprovada de no mínimo um ano na área de atendimento aos pacientes em coma, destacou Molina. Essa atividade faz parte do trabalho de reestruturação do serviço de transplantes da Secretaria de Estado de Saúde.

Assessoria da SES-MT

Preencha seu email abaixo para receber atualizações diárias de nossos artigos
 
Sitevip Internet