Cuiabá, sábado, 23/03/2019
08:35:33
informe o texto

Notícias / Mato Grosso

13/03/2019 às 18:19

Wilson nega extorsão contra senadora Selma Arruda

O interrogatório na PF ocorreu na terça-feira (12) e durou cerca de 10 minutos

Fernanda Leite, direto da Redação

Wilson nega extorsão contra senadora Selma Arruda

Foto: AL/MT

O deputado estadual Wilson Santos (PSDB) foi chamado para depor na Polícia Federal sobre um suposto caso de extorsão sofrida pela senadora Selma Arruda (PSL), durante às eleições passadas. 

O interrogatório ocorreu na terça-feira (12) e durou cerca de 10 minutos. Ele negou todas as acusações feitas pela senadora. “Nós nunca recebemos por parte do empresário Jr. Brasa nenhum encaminhamento para Selma. Eu votei nela, trabalhei por ela, e usei o nome dela em todos os materiais até a reta final. Eu recebo com surpresa essa posição dela e respeito. Deve usar esse argumento em sua defesa, mas não vai achar guarida”, disse.

O deputado alegou desconhecer o caso.  “Não tenho noção de onde Selma tirou isso. Ou se foi estimulada por algum advogado. A única coisa que sei é que fui eleitor dela.  O Kleber Lima é meu amigo e já fez minha campanha. O Jr é meu ex-aluno. Agora, tentar extorquir alguém, eu tenho 40 anos de vida pública. Fui depor porque não tenho nada a ver com isso”, esclareceu. 

Em declarações recentes, ela afirma que Kleber Lima teria sido procurado por  Wilson Santos, e ouvido que “o Brasa ajudaria na audiência se 600 mil fosse pago a ele”. 

Veja entrevista aqui 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Preencha seu email abaixo para receber atualizações diárias de nossos artigos
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet