Cuiabá, sábado, 23/03/2019
08:35:37
informe o texto

Notícias / Política

13/03/2019 às 18:24

Deputados discutem em audiência pública ‘caos’ na Santa Casa

A audiência está marcada para o dia 25 deste mês, às 8h, na Assembleia Legislativa

Fernanda Leite, direto da redação

Deputados discutem em audiência pública ‘caos’ na Santa Casa

Foto: Secom-MT

Por causa da suspensão no atendimento na Santa Casa de Cuiabá devido à falta de repasse no valor de R$ 3,6 milhões, por parte da prefeitura, o deputado estadual Lúdio Cabral (PT) convocou uma audiência pública para discutir o ‘caos’ na unidade de saúde.

A audiência está marcada para o dia 25 deste mês, às 8h, na Assembleia Legislativa.
Para o parlamentar existe um desencontro de informações, quando se refere aos repasses a unidade de saúde. “ Existe um conflito de informações, entre a direção, a prefeitura e o corpo clínico. Os trabalhadores estão há 4 meses sem receber. Então, todos esses atores têm que estar presente no mesmo espaço para debater e solucionar esta crise”, disse. 

Lúdio lembrou da importância da Santa Casa para a população, tanto da Capital, quanto do interior do estado. “A Santa Casa fez somente em 2017, mais de 70 mil procedimentos.  Sendo mais 7 mil cirurgias. O fechamento compromete mais de mil pacientes da oncologia, radioterapia, quimioterapia e os mais de mil pacientes da nefrologia. A unidade é a única que faz hemodiálise em recém-nascido. Temos que encontrar um caminho para resolver esse problema”., disse o parlamentar.

Nesta quinta-feira (14), Lúdio e o presidente da Comissão da Saúde da Assembleia, Paulo Araújo e  demais parlamentares irão à Câmara de Cuiabá para reunir com os vereadores membros da ‘CPI dos Filantrópicos’ e buscar informações referentes aos problemas da Santa Casa.
 
Serão convidados para a audiência, o governador do estado, Mauro Mendes (DEM), prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PDB), Secretário-chefe da casa Civil, Mauro Carvalho, vereadores de Cuiabá, secretários de Saúde do município e estado, Luís Antônio Possas de Carvalho e Gilberto Figueiredo. Além de sindicatos ligados a área da saúde e os conselhos de Medicina e Enfermagem de Mato Grosso. 

Crise 

Conforme a diretoria do hospital, serão mantidos os atendimentos de hemodiálise e pacientes que fazem tratamentos contra câncer.

A Santa Casa divulgou na última segunda-feira (11) a suspensão no atendimento em diversas área, devido à falta de repasses por parte da Prefeitura de Cuiabá, que alega que a Santa Casa não cumpriu com o acordado com a Prefeitura. Foram repassados R$ 24.866.260 para a instituição, mas os serviços hospitalares que deveriam ser oferecidos aos cidadãos não foram executados. Sendo esse o motivo da dívida da Santa Casa com a Prefeitura.

A Prefeitura alegou que faria o repasse de R$ 3,6 milhões, caso a instituição continuasse de ‘portas abertas’. 
A prefeitura cita ainda que a Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá está sob investigação por parte da Delegacia Fazendária. A secretaria Municipal de Saúde recebeu na última quinta-feira (dia 07.03) uma notificação da Controladoria Geral do Estado recomendando para que não fosse feito nenhum repasse financeiro para a instituição enquanto não findarem as investigações devido à auditoria solicitado pela Defaz.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Preencha seu email abaixo para receber atualizações diárias de nossos artigos
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet