Cuiabá, quinta-feira, 23/05/2019
23:02:11
informe o texto

Notícias / Política

14/03/2019 às 14:19

Vereadores protagonizam 'barraco' durante discussão sobre taxação de aplicativos, veja vídeo

A confusão teria começado porque um assessor parlamentar teria aplaudido o discurso do vereador Abilio

Fernanda Leite

Vereadores protagonizam 'barraco' durante discussão sobre taxação de aplicativos, veja vídeo

Foto: Reprodução vídeo

Os vereadores Abílio Junior (PSC) e Renivaldo Nascimento (PSDB) quase protagonizaram uma briga durante a sessão plenária desta quinta-feira (14), durante o debate sobre a taxação de aplicativos que fazem transporte em Cuiabá. 

A confusão teria começado  porque o assessor do deputado Ulysses Moraes (DC) e diretor do Movimento Brasil Livre (MBL), Rafael Millas, teria aplaudido o discurso do vereador Abilio.

Em um determinado momento,   o vereador Renivaldo começou a questionar a presença do assessor no local. Numa tentativa de barrar o tucano de ir atrás de Millas, o vereador  Abilio tentou impedir sua passagem. Veja no vídeo. 

“Uai está me empurrando’, disse Renivaldo, ao tentar ‘furar’ a barreira feira por Abilio. O Projeto de Lei do Executivo pretende cobrar R$ 0,05 de cada quilômetro rodado pelos motoristas de aplicativo, além da taxa de inspeção veicular da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob).

“Aqueles vereadores que apoiarem esse projeto ilegal que cobra duas vezes do motorista e do passageiro. Não representa  os motoristas dos aplicativos desta cidade. Querem cobrar 2% da empresa, 5% do motorista   e cobra a taxa de vistoria de veículo privado. Isso é um abuso conta o sistema que mais gera emprego.Foram gerados 5 mil empregos. Tem que dá isenção fiscal a eles. O senhor Renivaldo tem que brigar por eles, por isenção e renda”, criticou o vereador na tribuna. 

A sessão chegou a ser suspensa pelo presidente da Casa, vereador Misael Galvão (PSB). 

Vídeo Relacionado

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Julia 14/03/2019 às 00:00

    K feio cambada insensatos falta de postura depois vem na nossas portas pedir voto e prometem e depois não mostra serviços só mostram falta de vergonha aliás vcs são uma vergonha só pensam em ganhar dinheiro e os eleitores que se exprodam.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet