Cuiabá, segunda-feira, 06/07/2020
19:49:03
informe o texto

Notícias / Geral

03/04/2019 às 11:57

Médicos denunciam falta de insumos e pedem transferência de pacientes do PS de Cuiabá

Entre os materiais que acabaram estão luvas, caixas de sutura e dissecação e compressas

Leiagora

Médicos denunciam falta de insumos e pedem transferência de pacientes do PS de Cuiabá

Foto: Assessoria


Médicos que atuam no Centro Cirúrgico do antigo Hospital e Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (HPSMC) denunciaram, nesta quarta-feira (03), ao Sindicato dos Médicos do Estado de Mato Grosso (Sindimed-MT) a falta de insumos básicos considerados indispensáveis para a realização de cirurgias. Entre os materiais que acabaram estão luvas, caixas de sutura e dissecação e compressas.
 
Os materiais são considerados imprescindíveis especialmente para a realização de procedimentos cirúrgicos de grande porte e com alto potencial de sangramento. De acordo com os médicos, no momento estão sendo utilizados “pom-pons” para os casos menos graves. Porém, este material também já está acabando e não substitui de maneira eficaz as compressas estéreis, que possuem baixo custo e podem ser compradas em caráter emergencial pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS).     
 
Além disso, dois equipamentos do Centro Cirúrgico, denominados ‘eletrocautérios’, não estão funcionando adequadamente, segundo relatos dos profissionais. Diante disso, os médicos-cirurgiões pedem à direção do Pronto-Socorro a transferência dos pacientes à outras unidades. No entanto, hospital mais próximo, a Santa Casa de Misericórdia, está fechada há cerca de duas semanas.  
 
“Infelizmente, o Sindicato traz mais uma vez uma denúncia deste tipo a público, mas isso já não é mais uma novidade. A ineficiência do atual gestor tem transformado situações como esta cada vez mais em uma rotina. Só que nós não podemos e não vamos nos calar diante disso. É triste a constatação, mas o dinheiro que falta para uma simples luva, sobra para a corrupção”, apontou o diretor de comunicação do Sindimed-MT, Adeildo Lucena.  
Asessoria 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet