Cuiabá, domingo, 21/07/2019
16:06:44
informe o texto

Notícias / Cidades

06/04/2019 às 16:01

Governo pretende firmar parceria com consórcios para gerenciamento dos Hospitais Regionais

Redação

Governo pretende firmar parceria com consórcios para gerenciamento dos Hospitais Regionais

Foto: Divulgação

A proposta foi discutida nesta sexta-feira (05), pelo governador Mauro Mendes, o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, e os prefeitos dos municípios durante o evento Fórum de Governo e Prefeituras.
  
“A prioridade do Governo é, sim, fazer parceria com consórcios para administração dos hospitais. O consórcio é uma vertente forte, desde que tenha capacidade de administração, condições jurídicas dentro da forma legal”, disse Gilberto.

Na ocasião, o gestor da pasta de Saúde destacou que este modelo, ainda em fase de estudo, é mais viável economicamente aos cofres públicos. “Eu tenho clareza, convicção, de que os consórcios contratam melhor, conseguem mais competitividade, e compram bem produtos e serviços”, destacou.  

Durante o encontro, o governador Mauro Mendes apontou que a Saúde está desorganizada pois, nas gestões anteriores, ocorreram pagamentos às empresas prestadoras de serviço sem a realização de licitação pública e até mesmo sem contrato. 

Para resolver os atuais problemas, o chefe do Poder Executivo enxerga o modelo de consórcio como um caminho positivo e o classifica como “mais efetivo para entregar melhores resultados à população”.  
O prefeito da cidade de Colíder, Noboru Tomiyoshi, avaliou como positiva as medidas apresentas pelo Governador e o Secretário de Saúde. 

“O encontro foi muito produtivo, pois o fortalecimento dos consórcios que o Governo busca é uma alternativa muito saudável, a gente percebe que existe vontade do governador em dar mais celeridade à solução de problemas generalizados”, relatou. 

Para o prefeito do município de Campo Verde, Fábio Schroeter, fortalecer as parcerias com o novo modelo pretendido pela atual gestão representa a promoção de grandes benefícios, pois o custo é baixo e o modelo é eficaz.

“Nós colocamos para o governador que estamos congregados em consórcios na região, tanto na área de desenvolvimento, como na Saúde. Pois a resolutividade é muito grande, há um custo muito baixo, então, é lógico e inteligente da nossa parte, e de todos, para que a gente consiga fortalecer e proporcionar atendimento melhor aos municípios, principalmente àqueles que tem menos condições”, explicou o gestor municipal. 

A tomada de decisão final para a adesão do novo modelo de parceria com consórcios intermunicipais deve ser definida após análise do diagnostico geral da Saúde – que já foi concluída pelo secretário da pasta e, em breve, será apresentada ao governador.
Direto de Mato Grosso, Carlos Selestino, Cecom MT

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet