Cuiabá, domingo, 19/05/2019
23:36:08
informe o texto

Notícias / Política MT

09/04/2019 às 09:02

‘Prioridade não é bolo, mas a saúde de Cuiabá’, dizem vereadores ao distribuírem insumos

Os vereadores de Cuiabá distribuíram 5 mil seringas e 10 mil luvas médicas que estavam em falta nas unidades de saúde da capital

Luana Valentim

‘Prioridade não é bolo, mas a saúde de Cuiabá’, dizem vereadores ao distribuírem insumos

Foto: Instagram

Os vereadores de Cuiabá, Abílio Brunini (PSC), Diego Guimarães (PP), Dilemário Alencar (Pros), Felipe Wellaton (PV) e Marcelo Bussiki (PSB), distribuíram nessa segunda-feira (8) – aniversário da capital – cinco mil seringas e 10 mil luvas médicas que estavam em falta nas unidades de saúde de Cuiabá.
 
Os materiais foram comprados com o dinheiro dos vereadores que se uniram para ajudar as unidades, como um ‘presente’ aos 300 anos de Cuiabá.
 
No último dia 3, os parlamentares estiveram no Pronto-Socorro Municipal com o intuito de fazer a fiscalização após terem recebido denúncias dos médicos do hospital de que no local estaria faltando insumos básicos para atender a população. No entanto, acabaram sendo expulsos do local pelo secretário Municipal de Ordem Pública, Leovaldo Salles.
 
Saiba Mais: Vereadores são expulsos de dentro de hospital durante fiscalização

“Hoje, Cuiabá completou 300 anos de existência. Uma data linda e emblemática. Mas, infelizmente, a falta de uma gestão competente nas principais Secretarias do Município fez com que tivéssemos pouquíssimos motivos para comemorar”, declarou Diego no Instagram.
 
O vereador ainda pontuou que o caos na Saúde tem colocado em risco pacientes e profissionais, que são obrigados a atender a população sem as mínimas condições básicas.
 
Por isso, ele e seus colegas decidiram que, ao invés de participar de festas e celebrações, passariam este dia tão importante fazendo o que são pagos para fazer: trabalhar!
 
“Fiscalizamos as principais unidades de Saúde de Cuiabá, verificando a necessidade de equipamentos e medicamentos, bem como as condições dos lugares”, frisou.
 
Em um vídeo postado no Intagram, Diego disse que ficou impressionado com a falta de profissionais da saúde nas unidades, em que haviam pacientes há mais de oito horas aguardando atendimentos.
 
“Estamos aqui na unidade da Upa do Planalto, às 23h34, com o vereador Abílio e o vereador Marcelo Bussiki, e, durante a nossa fiscalização, verificamos que um paciente veio a óbito. Faltou uma UTI móvel e não atendimento dos profissionais, mas faltou equipamento público, estrutura. Inclusive, o médico mandou uma mensagem no grupo dos médicos, cobrou o secretário de saúde, mas não houve retorno”, denunciou Wellaton.
 
Os parlamentares irão levar todas as informações coletadas na visita às sete unidades de saúde e ao Hospital e Pronto-Socorro Municipal, aos responsáveis pela Saúde do Município ainda nesta terça-feira (4). ‘Prioridade não é o bolo, mas a saúde de Cuiabá’.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Enquete

Qual sua situação sentimental atual?

Você deve selecionar uma opção
+enquetes
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet