Cuiabá, segunda-feira, 24/06/2019
08:07:54
informe o texto

Notícias / Política MT

22/04/2019 às 17:49

Deputado diz que União não repassa o que determina a lei

Mato Grosso transportou R$ 61 bilhões em commodities e, teoricamente, o Estado deveria receber 11% disso como prevê a lei

Luana Valentim

Deputado diz que União não repassa o que determina a lei

Foto: Reprodução da internet

O deputado federal, Dr. Leonardo (SDD), declarou nesta segunda-feira (22), que a Lei Kandir é tratada com desigualdade pelo Tribunal de Contas da União, que repassa muito pouco aos estados, tendo em vista o quanto é transportado.
 
Segundo o parlamentar, somente no ano passado, Mato Grosso transportou R$ 61 bilhões em commodities e, teoricamente, o Estado deveria receber 11% disso como prevê a lei, o que daria R$ 6,1 bilhões, no entanto, a compensação é de apenas R$ 400 milhões.
 
“Uma das grandes fontes arrecadadoras do Estado era o ICMS. A União que criou o seguro nos primeiros cinco anos para compensar as perdas nas guerras fiscais que existiam nas décadas de 80 e 90”, disse em entrevista à Rádio Capital FM.
 
Recentemente, o presidente da Associação Mato-grossense dos Municipios, Neurilan Fraga, afirmou que o ministro da Economia Paulo Guedes teria feito um acordo de R$ 10 bilhões, considerando o projeto do senador Wellington Fagundes (PR), que propôs uma compensação aos estados de R$ 39 bilhões.
 
Dr Leonardo relatou que o Congresso tem conhecimento destas informações e, caso seja confirmado o acordo, provavelmente a Câmara será a favor da decisão.
 
Mas pontuou que a União usa do argumento que não deve nada aos estados, afirmando que gerou um bem maior, mas na verdade, o parlamentar explicou que isso só aconteceu nos cinco primeiros anos, após tornou-se apenas decisões políticas.
 
Contudo, o parlamentar acredita que cabe sim a União devolver o valor, caso contrário, deve devolver ao Estado a autonomia de se cobrar o ICMS e cada estado decide o valor o que resultará em novas guerras fiscais e total desequilíbrio.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Enquete

Qual seu posicionamento em relação a Reforma da Previdência?

Você deve selecionar uma opção
+enquetes
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet