Cuiabá, quarta-feira, 26/02/2020
18:22:12
informe o texto

Notícias / Política

07/05/2019 às 23:21

Pacientes do PS passam fome e Selma culpa Emanuel Pinheiro - vídeo

Para a senadora, o prefeito é o culpado pelo caos da saúde pública de Cuiabá

Maisa Martinelli

Pacientes do PS passam fome e Selma culpa Emanuel Pinheiro - vídeo

Foto: metropoles.com

A senadora Selma Arruda (PSL – MT) gravou um vídeo nesta terça-feira (7) no Senado, em Brasília, pedindo socorro  para o Pronto-Socorro de Cuiabá, culpando o prefeito Emanuel Pinheiro pelo caos instalado na unidade hospitalar há algum tempo.

“Estou aqui hoje para denunciar uma situação insustentável pela qual está passando a saúde de Cuiabá”, afirmou ela, destacando ainda que recebeu uma denúncia de que os pacientes do hospital estariam passando fome.

Com uma lista na mão, Arruda fez questão de mencionar também tudo o que estaria em falta no hospital, como seringas, sondas, micropore, esparadrapos, ventilação mecânica, ataduras, entre outros.  Ela ainda afirmou que profissionais do PS estão levando alguns produtos de casa para fazer curativos em pacientes que estão internados na UTI, já que o hospital não está oferecendo o necessário para a manutenção desses pacientes.

Selma vai além, e faz uma declaração bombástica:“Está precisando ser usado uma seringa para vários pacientes, porque não tem seringa no Pronto-Socorro, que está lotado”, salientou.

A senadora informou que já conversou com o promotor Alexandre Guedes, denunciando as barbaridades que estariam ocorrendo na unidade hospitalar. “Estou denunciando esse caos na saúde pública do município de Cuiabá e colocando a responsabilidade no prefeito Emanuel Pinheiro”, finalizou.

O outro lado

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de saúde, emitiu uma nota, na noite desta terça-feira (7), informando que todas as unidades hospitalares do município, incluindo o Pronto-Socorro de Cuiabá, receberão medicamentos e materiais que estão em falta nesta quarta-feira (8).

Segundo a nota, no último sábado já chegaram insumos para atender o Pronto-Socorro.

De acordo com o secretário de saúde, Luiz Antônio Possas de Carvalho, houve uma escassez de alguns materiais e medicamentos, porém não faltou nenhum insumo necessário para o atendimento aos pacientes. "Chegamos no limite do estoque dos insumos no Pronto-Socorro no último final de semana, mas não faltou nenhum medicamento ou material de trabalho dos profissionais de saúde e no sábado, novo estoque chegou na unidade, não comprometendo o trabalho das nossas equipes", afirmou Possas.





 

Vídeo Relacionado

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Nilton jonas da Silva. 09/05/2019 às 00:00

    Bom dia. Au inveis de investir no pronto Socorro vai quere construir outro não vai nem um e nén outro cade as autoridades pra ver isso.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet