Cuiabá, quarta-feira, 22/05/2019
12:48:00
informe o texto

Notícias / Política MT

14/05/2019 às 15:59

"A educação pode colapsar caso seja extinto o Fundeb", afirma Emanuelzinho

O valor de repasses do Fundeb a Estados e municípios de 2018 foi de R$ 148 bilhões.

Fernanda Leite

Foto: Reprodução internet

Os parlamentares de Mato Grosso que fazem parte da Comissão Especial destinada a dar parecer à PEC 15/2015, do novo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB), são contra a extinção do recurso aos estados e municípios.

Pela legislação, o Fundeb, uma das principais fontes da educação básica, continua existindo até o final de 2020. Para evitar que estados e municípios fiquem sem a garantia de recursos, é preciso que o Congresso Nacional aprove uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) mantendo o fundo.

Ao Leiagora/LTV,  o deputado federal, Emanuelzinho (PTB), explicou que os municípios não irão conseguir bancar a conta da educação.  “Município e estado não conseguem arcar com a educação e precisam desse Fundo.  Caso esse Fundo não seja mantido, vai afetar na educação. Não só de Mato Grosso, mas de todo país”, disse.

A Proposta de Emenda à Constituição do novo Fundeb está em tramitação na Câmara desde 2015 e precisa ser aprovada no Congresso Nacional até 2021, quando vence a vigência do atual fundo.

Responsável por contribuir no financiamento da Educação Básica em todos os Estados e municípios do País, o Fundo foi lançado em 2005 e aprovado no Congresso Nacional em 2007.

O Fundeb é constituído por 20% de uma cesta de impostos e transferências constitucionais de Estados e municípios e de 10% de complementação da União. Entre eles, os fundos de participação dos Estados e municípios (FPE e FPM), o Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS), o Imposto sobre Produtos Industrializados e o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

A membro titular da Comissão Especial, Rosa Neide (PT), defende a proposta do novo FUNDEB, o aumento no percentual de repasse da União de 10 para 40%. Com esse aumento, além dos 9 Estados que já recebem complementação financeira do governo federal, outros 11 Estados passariam a receber mais recursos para a Educação Básica, incluindo Mato Grosso.

O valor de repasses do Fundeb a Estados e municípios de 2018 foi de R$ 148 Bilhões.

Também é membro subtítulo da Comissão, o deputado federal Juarez Costa (MDB).
 
 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Enquete

Qual sua situação sentimental atual?

Você deve selecionar uma opção
+enquetes
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet