Cuiabá, terça-feira, 16/07/2019
14:53:54
informe o texto

Notícias / Entrevistas

15/05/2019 às 13:00

Deficiente auditiva, Miss Gay Mato Grosso revela sua trajetória no universo da beleza

Jhennifer Lizz enfrentou todas as barreiras para ganhar de 16 candidatas e levar o título estadual

Maisa Martinelli / Iury Lupaudi

O LTV recebeu a Miss Gay Mato Grosso, Jhennifer Lizz, para uma conversa interessante e sobre sua trajetória no universo da beleza. Aos 22 anos, ela vai representar o Brasil em agosto no concurso internacional.

Deficiente auditiva, Lizz enfrentou todas as barreiras para ganhar de 16 candidatas e levar o título estadual. Ela conta que, no início, não tinha muito interesse pelo mundo da beleza, porém, com o tempo, começou a gostar. No entanto, ela não acreditava que obter êxito nessa área. “Aí meus amigos começaram a me incentivar, a me auxiliar e dizer que eu conseguiria realizar esse sonho meu, mas eu tinha que praticar, porque, por exemplo, eu não sabia utilizar salto, não sabia desfilar. Aí eu combinei com meus amigos para poder começar e eles poderem me auxiliar a me organizar”, explica.

No início, o nervosismo ainda tomava conta, porém depois logo conquistou sua autoconfiança. “Eu sempre fui muito incentivada pelos meus amigos, para mostrar que nós, surdos, somos capazes também, que não é só somente um concurso de ouvintes”, pontua Jhennifer, ressaltando que precisou emagrecer um pouco para poder participar do Miss Gay Mato Grosso.

Com o nome de registro de Luis Fernando, ela conta que fora dos palcos leva uma vida normal. “No dia a dia eu sou homem. Essa questão da maquiagem e da beleza, eu sempre tive vontade. Mas, no dia a dia, é sem peruca, sem nada mesmo”, revela, contando que nos dias em que ela precisa se transformar para o trabalho, conta com a ajuda de seu intérprete para se organizar.

A miss afirma que, para manter o padrão de beleza, como roupas, maquiagem, corpo, que faz parte da vida de quem vive nesse meio, não recebe nenhum patrocínio, ela mesma arca com os custos.

Questionada sobre as expectativas do Miss Mundo Gay, que acontece em agosto em Juiz de Fora- MG, ela se diz animada. “Nós já estamos organizando a roupa, os vestidos, já está tudo mais ou menos organizado. Mas eu estou muito nervosa, e espero trazer a coroa do Miss para o Mato Grosso”, adianta.

Jhennifer revela que sofreu uma certa resistência por parte da família por ela já ter sido travesti, porém agora, trabalhando como modelo, ela recebe total apoio. “Eu sempre os convido para participar do Miss”, diz.

Assista o vídeo e acompanhe a entrevista completa.

*Intérprete: Túlio Gontijo

Vídeo Relacionado