Cuiabá, quarta-feira, 18/09/2019
11:44:40
informe o texto

Notícias / Agro e Economia

17/05/2019 às 17:19

‘Carne não é cara, um cafezinho sim’, diz idealizador do maior leilão de gado do mundo

Maurição já foi prefeito por dois mandatos de Água Boa. Na entrevista ele avalia como está o governo Mauro Mendes (DEM) e de Jair Bolsonaro (PSL).

Fernanda Leite

‘Carne não é cara, um cafezinho sim’, diz idealizador do maior leilão de gado do mundo

Foto: LTV/Leiagora

Pecuarista e proprietário da Estância Bahia, Maurício Tonhá, popularmente chamado de ‘Maurição’, é o responsável por realizar o maior leilão do mundo, o Mega Leilão, que ocorre uma vez por ano no município de Água Boa (738 km de Cuiabá).

O Leiagora conversou com Maurição, que já foi prefeito por dois mandatos de Água Boa. Na entrevista ele avalia como está o governo Mauro Mendes (DEM) e de Jair Bolsonaro (PSL). O pecuarista também comenta sobre o valor da carne, um dos principais pratos da comida brasileira. Confira a entrevista completa aqui:

Leiagora- O senhor deixou a política definitivamente? Ninguém da família tem interesse em disputar algum cargo eletivo?

Maurição – Não pretendo mais voltar para a política. Meu projeto de vida é tocar a Estância Bahia Leilões, vender boi, contar história e empolgar o Brasil que planta e cria. Ninguém da minha família tem interesse em entrar para a vida pública. A gente pode fazer política sem estar na política. Como empreendedor, faço política no dia a dia.

Leiagora- É ruim para região não ter o ‘costume’ de não eleger representantes para a Assembleia e Câmara Federal?

Maurição-  Isso não é um problema meu, mas do Araguaia. A região tem que ter maturidade e união para ter pessoas preparadas para defender seus interesses.  Hoje temos um deputado, o Dr. Eugênio, de Água Boa.

Leiagora-   O senhor está filiado em algum partido?

Maurição- Não me lembro! Posso estar e não me recordar. Se estiver, não tenho vínculo.  

Leiagora-  A crise afeta o setor da agropecuária ?

Maurição- Sim! O problema afeta todos os setores e todos os cidadãos. O atual momento em que o país vem passando da falta de credibilidade afeta e muito. Diminuiu o  consumo, preço de venda ou para quem comercializa o gado.

Leiagora-   Mato Grosso é o maior produtor de gado do mundo. Por que a carne no Estado está cara?    

Maurição- Eu não concordo! Você é leiga. A carne de Mato Grosso é a mais barata do Brasil, do mundo. É apenas R$10 ou R$12 o quilo. Agora, tem a carne de R$ 100 o quilo, que são vendidas em boutique de carne. São carnes nobres. Caro é uma garrafa de água mineral de R$ 10 ou um cafezinho de R$ 7. A carne é barata no país inteiro. Se você for em um restaurante de carne nobre, você pagará pelos serviços. Um boi para nascer demora 9 meses. A vaca para parir demora 30 meses. Para abater é mais 20 ou 30 meses, totalizando 60 meses de história de vida daquele pedaço de carne que o consumidor está comprando.

Leiagora- Quando o senhor começou a sentir a crise econômica chegar?

Maurição- Eu nunca vivi nenhum dia fácil em minha vida. O que existe são momentos mais difíceis para uns. Mas tem aqueles que, mesmo na crise, tem oportunidades. Tem um cidadão que não deixou saudade no Estado, ele dizia; quando houvesse muito choro ele iria vender lenço. Então deve estar chorando e usando muito lenço.  Está faltando credibilidade nas instituições de todos os níveis. Ninguém acredita em ninguém. Funcionário não acredita no patrão e patrão não acredita em funcionário.  Temos uma Justiça do Trabalho  que acaba com a vida de quem empreende. Os três poderes não estão em harmonia. Então, as dificuldades são na confiança.

Leiagora- Como o senhor avalia o governo do Mauro Mendes?

Maurição- É muito cedo para avaliar. Conheço o Mauro Mendes e acho que ele está no caminho certo, mesmo com as dificuldades iniciais, principalmente do aumento do imposto muito antipatizado por mim e pelo cidadão. Ninguém gosta de pagar imposto e principalmente num momento de dificuldade. Mas o Mauro é empreendedor, corajoso e preparado. Acredito em um bom resultado de governo.

Leiagora-  E o governo Jair Bolsonaro, como está sendo na sua avaliação?

Maurição- Olha, na minha leitura, ele está melhor do que encomenda. Eu, particularmente, quando saiu a lista dos candidatos a presidente na última eleição, ele foi um dos que eu tinha pouca probabilidade de votar. Mas ao longo do tempo percebi que os demais eram mentirosos, vazios e covardes. Mais uma vez tentavam fazer as coisas de acordo com o que o marqueteiro mandava.  Me lembro de um cidadão de número 45 que era a favor da Reforma da Previdência. Foi chamado a atenção pelo Paulinho da Força,  e de forma covarde, voltou atrás.

Já Bolsonaro continua até agora com as mesmas posições,  mesmo após a facada que levou. Continua a favor do porte de arma, da liberdade e contra o  MST, que é um movimento de pessoas de más índoles. Invasão de terra é uma coisa, reivindicar Reforma Agrária é outra coisa.

Os políticos, 90%mudam discurso, fazem negociata. Até então, Bolsonaro está melhor do que encomenda, mas a covardia da classe política e da imprensa de tentar trazê-lo para o jogo da covardia, para fazer com que ele se renda, são pessoas mal-intencionadas. Vou usar uma frase bíblica para definir o presidente e seus inimigos, “o Davi vai vencer o Golias”.
 
 
 
 
 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Enquete

Você está satisfeito (a) com a gestão do governador Mauro Mendes?

Você deve selecionar uma opção
+enquetes
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet