Cuiabá, terça-feira, 20/08/2019
19:23:42
informe o texto

Notícias / Mundo

23/05/2019 às 13:54

Maquete da Roma Antiga levou 35 anos para ser construída

Leiagora

Maquete da Roma Antiga levou 35 anos para ser construída

Foto: Foha UOL

O que um dia foi a mais cidade mais poderosa do mundo, hoje só restam ruínas. Mas foi com a ajuda desses escombros e de mapas do século passado que o arqueólogo italiano Italo Gismondi conseguiu reconstruir a paisagem de Roma no século 4 d.C., quando a cidade atingiu seu maior tamanho sob o comando de Constantino I.

Gismondi dedicou-se durante 35 anos neste projeto para conseguir montar a maquete, feita em gesso, que tem um pouco mais de 16 metros de comprimento e escala de 1:250. O projeto foi encomendado em 1933 por Mussolini para comemorar o nascimento de Augusto (63 a.C.) -fundador do Império Romano.

Para conseguir alcançar tamanha precisão, o arqueólogo usou um mapa feito pelo arqueólogo italiano Rodolfo Lanciani, em 1901, para montar o núcleo principal da cidade, enquanto as habitações residenciais e outros locais sem vestígios arqueológicos foram criados a partir de modelos de construções antigas.

Conhecida como "Plastico di Roma Imperiale" (maquete da Roma Imperial, em tradução livre), a maquete foi finalizada em 1971 e está em exposição no Museu da Civilização Romana, em Roma. É considerada uma das referências mais importantes da Roma Antiga e foi usada, inclusive, pelo diretor Ridley Scott para filmar algumas cenas do filme "O Gladiador".

Direto de São Paulo / Folhapress 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet