Cuiabá, domingo, 16/06/2019
16:59:53
informe o texto

Notícias / Leiagora nas ruas

27/05/2019 às 17:00

Nadja se recusa a falar com LTV sobre o caso CEM

A coordenadora do CEM, Nadja Sartoreli, que estava de férias, voltou ao trabalho e o LTV foi até o Centro de Especialidades

Josiane Dalmagro

No mês de abril o Leiagora e LTV denunciaram o caso dos médicos do Centro de Especialidades Médicas (CEM), que estariam indo até o local, batendo ponto e indo embora.

Após recebermos áudios de funcionários falando sobre a situação, o LTV foi até o local tentar falar com as pessoas envolvidas, mas, na ocasião, as duas pessoas citadas no áudio - Nadja e Lucrécia - estavam afastadas de suas atividades.

Saiba mais: BOMBA: Médicos de Cuiabá batem ponto e vão embora; ouça áudio

A coordenadora do CEM, Nadja Sartoreli, que estava de férias, voltou ao trabalho e o LTV foi até o Centro de Especialidades mais uma vez, na sexta-feira (24), para tentar ouvir a versão da envolvida no caso, mas ela se recusou a falar, alegando que apenas o secretário de Saúde de Cuiabá, Luiz Antônio Possas, poderia falar sobre o caso.

Em contato com a assessoria de imprensa, o LTV tentou entrevistar Possas, que, segundo assessoria, estava em reunião e não poderia falar também.

Saiba mais: Curiosamente, funcionárias envolvidas em escândalo do CEM não estão trabalhando; veja vídeo

A Secretaria Municipal de Saúde reiterou que foi instaurada uma sindicância no CEM para apurar os fatos e, casos as irregularidades sejam constatadas, serão abertos Processos Administrativos Disciplinares para os envolvidos.

Vídeo Relacionado

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Dejalma Macedo 30/05/2019 às 00:00

    Esse CEM é um atraso pura enganação atendimento feito não entra no sistema e o paciente perde totalmente tudo que já foi feito.

  • Antonio Vieira 28/05/2019 às 00:00

    Cade a fiscalização, MP como sempre jogando agua fria , senhor secretário toma atitude é uma vergonha ,

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet